Werner Thierfelder
(1915 - 1944)

Hauptmann
ZG26, ZG2, Ekdo 262
27 vitórias, 41 aeronaves destruídas no solo
Morto em ação (18/07/1944)

Werner Thierfelder nasceu em 24 de dezembro de 1915 em Berlim, Alemanha, mas passou a maior par-te de sua infância na Namíbia (antiga colônia alemã na África). Após seu retorno à sua terra natal, ele juntou-se a um regimento de infantaria e, paralelamente, tornou-se piloto ao freqüentar o treinamento em Göttingen.

No início da guerra, em 01 de setembro de 1939, Thierfelder foi convocado para servir como Leutnant der Reser ve junto ao I/ZG 26 (Gruppe I da Zerstörergeschwader 26 “Horst Wessel”). Com essa unidade, ele atuaria na Campanha da França (maio-junho de 1940), Batalha da Inglaterra (julho-novembro de 1940), Invasão dos Bál-cãs (abril de 1941) e no ataque à Ilha de Creta (maio de 1941).

A partir de 22.06.1941 Thierfelder passou a lutar na Operação Barbarossa executando várias missões bem sucedidas diante das forças soviéticas. Finalmente, em 10 de outubro de 1941, o Oberleutnant Werner Thierfel der foi agraciado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro após obter 14 vitórias aéreas e destruir, no solo, outros 41 aviões e seis locomotivas.

Transferido em maio de 1942 para o II/ZG 2, Thierfelder foi nomeado Staffelkapitän do 4./ZG 2 (4º Staffel) em 01.07.1942. Entretanto, em 01.10.1942, ele seria designado para o Stab do General der Jagdflieger, sob as ordens de Adolf Galland, onde se tornou responsável pelas unidades de vôo experimentais. Condecorado com a Cruz Germânica em 07.12.1942, Thierfelder foi nomeado para liderar, em 15.12.1943, o Erprobungskomman-do 262. O EKdo 262 foi a primeira unidade a desenvolver técnicas de combate com o revolucionário caça a jato Messerschmitt Me262, operando de bases em Lechfeld.

Em 02.06.1944, Thierfelder foi nomeado Kommandeur do III/ZG 26. Contudo, pouco depois em 18 de julho de 1944, ele foi morto em combate próximo a Kalfering (Bavária) contra caças P-51Mustang. Embora as causas da sua morte não sejam claras, o diário de sua unidade a registra como tendo sido causada pela falha de seu pára-quedas.

Ao tempo de sua morte, o Hauptmann Werner Thierfelder havia abatido 27 aviões inimigos (dos quais seis na Frente Ocidental) e destruído outros 41 em solo.

Principais Ases
Principais Aviões