Wilhelm Stähler
(1923 - 1978)

Oberleutnant
St.G2, SG2
+1.100 missões de combate
Prisioneiro de guerra

Um dos mais importantes pilotos da geração formada durante a primeira fase da II Guerra Mundial, Heinrich-Wilhelm “Willi” Stähler nasceu em Köln (Colônia) no dia 23 de setembro de 1923. Sua carreira militar começou quando ingressou na Stuka-Vorschule (Escola Básica de Pilotos de Bombardeiros de Mergulho), sendo desig-nado para o Erganzungsstaffel da Stukageschwader 2 “Immelmann” como Leutnant em 14.12.1942, após a conclusão de seu treinamento.

Após um curto período com aquela unidade, Stähler foi transferido para o 7./St.G 2 (7º Staffel da Stukagesch wader 2) em 15.02.1943. ele permaneceria com esse esquadrão durante toda a guerra, com exceção de um breve período em que serviu com o 8º Staffel da St.G 2, em outubro de 1943. Stähler se distinguiu repetidamen te em inúmeras missões nos locais mais críticos da frente oriental, muitas sob o comando direto do lendário Hans-Ulrich Rudel.

As pressões enfrentadas no front refletem-se no número de missões rea-lizadas por Stähler: em um única dia de abril de 1943, ele executou nada menos que 14 missões de combate, durante a batalha de Kharkov! No-meado Staffelführer em setembro de 1943 e, posteriormente, Staffelkapi tän do agora chamado 7./SG 2 (7º Staffel da Schlachtgeschwader 2), a partir do outono de 1944, Stähler foi condecorado com a Cruz Germânica em 20.03.1944.

Acumulando freqüentemente a função de Technische Offizier do III./SG 2, Stähler voou sua 600ª missão no final de abril de 1944. No dia 10.05. 1944, ele completou sete missões a partir de Husi (Romênia), seguidas de outras dez no dia 30.05.1944 (a primeira às 4:10hs e a última encer-rando-se às 19:20hs). Se não bastasse, no dia seguinte ele executou outras oito missões.

Finalmente, em 20 de julho de 1944, após ter executado mais de 700 missões de combate, o Leutnant Wilhelm Stähler foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro.

Promovido a Oberleutnant no início de agosto de 1944, Stähler continuou a executar pelo menos cinco missõ- es diariamente. Sua 1000ª missão foi completada em fins de 1944. Em reconhecimento aos seus feitos, “Willi” Stähler foi agraciado por Hitler com as Folhas de Carvalho da Cruz de Carvalho em 28 de março de 1945, tor-nando-se o 812º soldado da Wehrmacht a receber essa honraria.

Quando a guerra chegou ao seu fim, em 08.05.1945, Stähler havia voado mais de 1100 missões de combate, como piloto de assalto, a maioria a bordo do Junkers Ju87 “Stuka”, ao longo das quais foi derrubado em várias ocasiões, tanto em razão de fogo antiaéreo quanto por ataque de caças.

Wilhelm Stähler faleceu, ainda jovem, em Essen, então Alemanha Ocidental, no dia 27 de agosto de 1978 aos 55 anos de idade.


Ficha do Piloto
Unidades:
- Sturzkampfgeschwader 2  
 - Schlachtgeschwader 2 - Staffelkapitän 7./SG 2
Aeronaves:
 - Junkers Ju 87
- Focke-Wulf Fw190
Campanhas:
  - Frente Oriental
Promoções:
 
Condecorações:
- 20.03.1944 - Cruz Germânica em Ouro
- 20.07.1944 - Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro
- 28.03.1945 - Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro ..........................(812º)


Principais Ases
Principais Aviões