Gerhard Schöpfel
(1912 - 2003)

Major
JG26, JG54, JG4 e JG6
~700 missões de combate, 45 vitórias (23 na Inglaterra, 3 quadrimotores)
Prisioneiro de guerra

Nascido em 19 de dezembro de 1912 na cidade de Erfurt (Turíngia), Alemanha, Gerhard "Gerd" Schöpfel iniciou sua carreira militar como membro da força policial até ser transferido para a Luftwaffe em 1936. Após a conclusão de seu treinamento como piloto de caça, em 1938, ele foi designado como Leutnant para servir jun-to ao I/JG 233 (Gruppe I da Jagdgeschwader 233), posteriormente renomeado I/JG 135 e, finalmente, I/JG 51.

Três grandes ases e amigos da JG 26 (esq-dir): Schöpfel, Galland e Müncheberg.

Schöpfel permaneceria pouco tempo nessa unidade, sendo transferido para o I/JG 26 em meados de 1939. Promovido a Oberleutnant, ele seria designado em 23.09.1939, pouco depois do início da II Guerra Mundial, para a função de Staffelkapitän do 9./JG 26 (9º Staffel da JG 26). Sua primeira vitória viria, durante a Campanha da França, em 19.05.1940, quando derrubou um caça Hurricane da RAF, sobre a localidade de Courtrai. Ele ainda alcançaria outras duas vitórias antes da rendição francesa no fim de junho de 1940.

Mas o grande momento de Schöpfel viria durante a violenta e mal-suce dida Batalha da Inglaterra que foi travada durante o verão de 1940 sobre o Canal da Mancha e sul das ilhas britânicas.

Em 18.08.1940 ele abateu nada menos que quatro Hurricanes em uma única missão sobre Canterbury. Duas de suas vítimas nesse confronto épico eram os ases da RAF Donald McKay (creditado com 20 vitórias) e Kenneth Lee (sete vitórias) que saltaram feridos dos seus aviões, ambos do 501st Squadron.

No apogeu da Batalha, em 22.08.1940, Hauptmann Schöpfel foi designado Gruppenkommandeur do III/JG 26, quando Adolf Galland deixou esse posto para assumir o comando como novo Kommodore da JG 26. Finalmen te, em 11 de setembro de 1940, após atingir a marca de 20 vitórias confirmadas, Gerhard Schöpfel foi condeco rado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro.

Os combates prosseguiriam ao longo do ano seguinte, sendo que ele abateria seu 30º adversário em 07.08.1941, após abater dois Spitfires.

Promovido a Major em 01.12.1941, Schöpfel seria apontado Kommodore da JG 26 "Schlageter" em 06.12.1941, quando Adolf Galland foi promovi-do a General der Jagdfieger. Ao final do ano de 1941 ele já somava um total de 36 vitórias confirmadas, sendo condecorado com a Cruz Germâ nica em 20.12.1941.

À frente da JG 26 Schöpfel chegaria à marca de 40 abates em 01.06. 1942 quando derrubou um caça Spitfire e, em 19.08.1942, nos combates sobre Dieppe em 19 de agosto de 1942, dois outros caças Spitfire tomba ram sob o fogo de suas armas (suas 41ª e 42ª vítimas).

Suas últimas vitórias viriam no final daquele ano quando enfrentou os primeiros ata-ques da 8ª Força Aérea americana: ele conseguiu abater dois bombardeiros quadrimotores Boeing B-17 em 08.11.1942 e outro B-17 em 06. 12.1942 (sua 45ª vitória).

Schöpfel no cockpit de seu Fw 190.

Schöpfel deixaria o comando da JG 26 em 10.01.1943 - sendo sucedido por Josef "Pips" Priller - para se tor-nar o Oficial de Operações junto ao Stab do Líder de Caças (Jagdführer, ou simplesmente "Jafü") na Bretanha. Ele ocuparia a mesma posição no sul da Itália entre julho e outubro de 1943 e, depois, se tornaria Jafü na No-ruega, a partir de novembro de 1943.

Em 01.05.1944, Schöpfel retornaria brevemente à frente de combate pa-ra assumir o comando do III/JG 54 "Grünherz", antes de ser indicado Kommodore da JG 4, em 01.06.1944, atuando na Defesa do Reich.

Em 06.08.1944, seu Bf 109G-6 (Werkenummer 440728) foi atingido pe-los caças americanos e Schöpfel, ferido, foi obrigado a saltar de seu avião. Após sua recuperação, em novembro de 1944, ele foi designado Jagführer na Hungria e, em fevereiro de 1945, comandante da Luftkreigs schule (Escola de Vôo de Guerra) de Gatow.

Em 10.04.1945, ele voltaria a assumir o comando de uma unidade de frente de combate ao se tornar Kommodore da JG 6 (sucedendo a Gerhard Barkhorn), baseada na Checoslováquia, onde permaneceria até o fim da guerra, em 08 de maio de 1945.

Embora não tenha lutado na frente oriental, Schöpfel foi capturado pelos soviéticos e permaneceria em seu rigoroso cativeiro até dezembro de 1949, quando foi repatriado.

Após ser libertado, ele trabalharia como chofer e, posteriormente, como comerciante. Ele somente retornaria ao campo da aviação no início dos anos 60, quando se tornou executivo do Lloyd Aéreo em Bonn - onde seu escritório era vizinho de seu velho amigo Adolf Galland. Tendo voado cerca de 700 missões de combate na II Guerra Mundial, ao longo das quais alcançou a marca de 45 vitórias confirmadas (todas na frente ocidental), o Major Gerhard Schöpfel faleceu de causas naturais em 15 de maio de 2003, aos 90 anos de idade.



Bf 109E-4 - Oblt. Gerhard Schöpfel, Staffelkapitän 9./JG 26 - Calais/França - agosto, 1940

 



Fw 190A-2 - Maj. Gerhard Schöpfel, Stab/JG 26 - Audembert/França - fevereiro, 1942



Principais Ases
Principais Aviões