Georg Schentke
(1919 - 1942 ?)

Oberleutnant
JG3
90 vitórias
Desaparecido em ação (25/12/1943)


Georg Schentke nasceu em 23 de novembro de 1919 na localidade de Kriescht, Mark Brandenburg, Alemanha e, após a conclusão de seu treinamento como piloto, foi designado para servir como Feldwebel junto ao 9./JG 3 (9º Staffel da Jagdgeschwader 3) em 01.03.1940. Com essa unidade ele participaria da Campanha da França, durante a qual obteve sua primeira vitória confirmada.

A partir de julho, Schentke viu-se sobre Canal da Mancha lutando contra a RAF na hoje chamada Batalha da Inglaterra. Nessa dura campanha ele mais uma vez obteve um bom desempenho, derruban do outros três adversários. Mas seria com o início da Operação Bar-barossa - a invasão da URSS - em 22.06.1941, que ele se revelaria um habilidoso caçador. Voando como Rottenflieger do lendário ás e Schwerternträger, Walter Oesau, ele acumulou várias vitórias diante de um inimigo despreparado. Em 04 de setembro de 1941, após abater 34 aviões, o Oberfeldwebel Georg Schentke foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro.

Transferido para o 2./JG 3 em 01.03.1942, Schentke efetuou várias missões de escolta para os aviões de transporte que entregavam os mantimentos às tropas alemãs sitiadas no bolsão de Demjansk. No final de julho de 1942, quando já somava 71 vitórias confirmadas, ele foi transferido para o Erg.Gr. Süd (Ergänzungsgruppe Süd - Grupo de Reserva do Sul), onde serviu como instrutor. Na mesma época foi promovido a Leutnant e, em 05.10.1942, foi condecorado com a Cruz Germânica em Ouro.


Ofw. Schentke e seu Bf 109F-4.

Schentke retornaria à frente de combate em novembro de 1942, quando voltou ao 2./JG 3, então envolvido em missões sobre aeroporto de Pitomnik, situado em Stalingrado. No dia 12.12.1942 ele obteve seu melhor resul-tado em um dia ao abater nada menos que seis aviões inimigos (suas 78ª a 83ª vitórias). Contudo, em 25 de dezembro de 1942, Schentke abateu um Il-2 soviético, mas este colidiu contra seu Bf 109G-2 (Werkenummer 13885 - "schwarze 3"), forçando-o a saltar de pára-quedas sobre posições soviéticas. Essa foi a última vez que foi visto.

Quando de seu desaparecimento, o Oberleutnant Georg Schentke havia alcançado um total de 90 vitórias confirmadas - todas, à exceção de quatro, na frente russa.


Bf 109F-4 - Obfw. Georg Schentke, 9./JG 3 - Schshigry/URSS - junho, 1942

Bf 109F-2 de Georg Schentke, 9./JG3 Bf 109F-4 do Ofw. Georg Schentke, 9./JG3


Principais Ases
Principais Aviões