Rudolf Scheffel
(1914 - 1983)

Hauptmann
KG76, SKG210, ZG1 e ZG26
259 missões de combate, 7 vitórias (+50 blindados)
Prisioneiro de Guerra

Nascido em 09 de julho de 1914, Rudolf Scheffel iniciou sua carreira militar ao ingressar na Polícia, em 1933. Dois anos mais tarde ele foi transferido para a recém-oficializada Luftwaffe, onde foi treinado como piloto de bombardeiros.

Designado para servir junto a Kampfgeschwader 76 (KG 76) Scheffel executou várias missões durante a Campanha da França e durante a Batalha da Inglaterra. Contudo, em abril de 1941, o Leutnant Scheffel foi transferido para o 1./SKG 210 (1º Staffel da Schnellkampfgeschwader 210), que operava o bimotor Messer schmitt Bf 110 como caça-bombardeiro. Em 24.09.1941, com a sua unidade agora combatendo na Frente Russa, ele foi nomeado Staffelkapitän do 1./SKG 210. Algum tempo mais tarde, em 04.01.1942, esta unidade foi renomeada 1./ZG 1 (1º Staffel da Zerstorergeschwader 1).

Scheffel liderou a unidade em várias missões de ataque ao solo, sendo condecorado com a Cruz Germânica em Ouro em 06.03.1942. Ele se revelou tão hábil neste papel que, em 12.07.1942, o apoio de seus aviões à infantaria alemã, permitiu que toda uma divisão soviética atacante fosse cercada e destruída pela Wehrmacht. Entretanto, em 26.07.1942, Scheffel foi abatido em seu Bf 110F-4 (W.Nr. 2688) "S9+CH" sendo seriamente ferido. Enquanto convalescia, o Leutnant Rudolf Scheffel foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro em 29 de outubro de 1942, quando contava com cinco vitórias aéreas.

Após sua recuperação ele passaria a voar missões na Defesa do Reich (Reichsverteidigung) contra as crescen tes formações de bombardeiros aliados. Durante um destes combates, quando estava à frente do I./ZG 26 (Gruppe I da ZG 26), ele foi novamente ferido em ação. Quando de seu retorno ele foi designado para uma posi ção administrativa no comando da ZG 26. Em 01.08.1944 esta unidade seria redesignada JG 6 (Jagdgeschwa-der 6) mas Scheffel foi transferido em 01.02.1945 para a Schießschule Vaerlöse (Escola de Armamento), onde assumiu uma posição como instrutor. Foi neste posto que ele se rendeu, quando do fim da guerra, em 08 de maio de 1945.

Tendo executado um total de 259 missões de combate (99 com bombardeiros) Scheffel obteve o crédito por sete vitórias aéreas e 50 blindados inimigos destruídos ao longo de sua carreira na II Guerra Mundial. O Haup-tmann Rudolf Scheffel faleceu de causas naturais na localidade em Mönchengladbach (então Alemanha Oci-dental) em 18 de dezembro de 1983, aos 69 anos de idade.

Principais Ases
Principais Aviões