Oskar Romm
(1919 - 1993)

Oberleutnant
JG51 e JG3
283 missões de combate, 92 vitórias (8 quadrimotores, 34 blindados)
Ferido em ação (24/04/1945)

Nascido em Haindorf, região dos Sudetos (atual República Tcheca) no dia 18 de dezembro de 1919, Os-kar Romm conseguiu juntar-se à Luftwaffe, em outubro de 1939, embora um dos seus avós fosse judeu. Após freqüentar a escola de pilotos de caça entre julho de 1941 e agosto de 1942, Romm foi designado para servir como Unteroffizier junto ao 1./JG 51 (1º Staffel da Jagdgeschwader 51) em 11.09.1942.

Seu início não foi muito promissor: em sua primeira missão de comba-te, em 29.09.1942, ele encerrou seu vôo com um pouso forçado e feri-mentos leves. Contudo, já em sua segunda missão em 04.12.1942, Romm obteve sua primeira vitória ao abater um Il-2, a despeito de novamente fazer uma aterrissagem forçada ao final dos combates.

Embora tenha tido estréia nada brilhante, ele rapidamente se firmou como um dos principais pilotos de sua unidade alcançando uma série de vitórias múltiplas nos meses seguintes: em 13.07.1943 derrubou três inimigos (18º a 20º abates); cinco em 14.08.1943 (32º a 36º) e outros seis em 28.08.1943 (43º a 48º).

Tendo sido designado para servir como instrutor junto ao Ergänzungs-gruppe Ost (Grupo de Reserva do Leste) em setembro de 1943, quan do contava com 70 vitórias confirmadas, Romm foi condecorado com o Troféu de Honra da Luf twaffe em 02.10.1943 e com a Cruz Germânica em Ouro no dia 27.10.1943. Ele retornaria a sua antiga unidade em janeiro de 1944 e, após abater seis adversários no dia 05.02.1944, o Oberfeldwebel Oskar Romm foi finalmente agraciado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro em 29.02.1944.

Romm durante o treinamento de conversão da JG 51 para usar o Fw190.

Promovido a Leutnant em março de 1944, Romm foi transferido para o Stab do IV/ JG 3 (Gruppe IV da Jagdgeschwader 3 “Udet”) então atuando na Defesa do Reich. Nomeado Staffelkapitän do 15./JG 3 em 07.07. 1944 , ele lideraria essa unidade como um esquadrão de “Sturmjäger”.

Equipados com aviões Fw 190A-8/R8 com blindagem reforçada, sua prin cipal função era o ataque à curta distância contra os bombardeiros da 8ª Força Aérea norte-americana.

Nesse novo teatro de operações, Romm abateu seu primeiro quadrimotor no final de junho, seguido de dois outros bombardeiros e um caça P-51 Mustang em 18.07.1944.

Em 27 de setembro de 1944, ele derrubou outros três B-24´s, e mais ou-tros dois B-17´s no dia seguinte. Em novembro de 1944 tornou-se Staffel kapitän do 4./JG 3, mas, pouco depois, foi enviado para o Stab do I/EJG 1 (Gruppe I do Ergänzungsjadgschwader 1).


Em 15 .01.1945, Romm foi nomeado Staffelkapitän do 15./JG 3, sediado em Prenzlau, então em combate na Frente Oriental, onde passou a executar mis sões de caça-bombardeiro e de ataque ao solo contra o exército soviético.

Tendo tido contato com o Fw 190D-9 alguns meses antes, ele passou a or-ganizar sua unidade de modo a obter o maior número possível dos novos ca ças, mesmo que isso implicasse em resgatar exemplares abandonados de bases que estavam prestes a serem ocupadas pelos inimigos. Romm logo teve uma quantidade suficiente para equipar não apenas seu Stabsschwarm, mas também um Staffel inteiro. Mais tarde ele relembrou:

“Como um caça de superioridade aérea e interceptador, o Fw190D-9 mano-brava melhor do que o Fw190A. Ele era mais rápido e tinha uma razão de subida superior. No mergulho, ele deixava os caças russos Yak-3 e Yak-9 para trás.”

Nomeado Kommandeur do IV/JG 3, Romm obteve suas seis últimas vitórias diante dos soviéticos. Sua carreira chegaria ao fim no dia 24.04.1945, quan-do, ao atacar um grupo de Il-2 ao sul de Stetin, seu motor foi atingido e come

çou a superaquecer. Mergulhando com velocidade em direção ao solo, ele conseguiu deixar os caças soviéti-cos para trás, mas foi gravemente ferido ao fazer um pouso forçado atrás das linhas alemãs. Quando a guerra chegou ao final, em 08.05.1945, ele ainda encontrava-se no hospital. Tanto sua indicação para receber as Fo-lhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro, quanto as promoções para Hauptmann e Major não foram confirmadas antes da rendição.

Tendo executado um total de 283 missões de combate (sendo 54 como caça-bombardeiro), o Oberleutnant Os kar Romm obteve um total de 92 vitórias confirmadas (82 na frente oriental), entre as quais incluem-se dois ca- ças P-51 e 8 bombardeiros quadrimotores. Além disso, ele também foi responsável pela destruição de 34 blin-dados e veículos militares. Romm faleceu em 1º de maio de 1993 aos 73 anos de idade na Alemanha.

 




Fw 190A-3 - Uffz. Oskar Romm, 1./JG 51 - Nikolskoye/URSS - Setembro, 1942

 



Fw 190D-9 - Oblt. Oskar Romm, Kommandeur IV./JG 3 - Prezlau/Alemanha - Março, 1945

 

Bf 109G-14 de Romm, 10./JG3


Principais Ases
Principais Aviões