Rolf-Peter Pingel
(1913 - 2000)


Major
JGr88, JG53, JG26
550 missões de combate, 28 vitórias (6 na Espanha, 12 na Inglaterra)
Prisioneiro de guerra

Rolf-Peter Pingel, um dos mais destacados pilotos da primeira geração da Luftwaffe, nasceu em 1º de outubro de 1913 na cidade portuária de Kiel, tendo iniciado sua carreira militar ao ingressar na Luftwaffe em 1934, após ser submetido ao treinamento secreto de então.

Após a conclusão de seu treinamento, Pingel foi designa do para servir na Legião Condor (unidade aérea alemã enviada para Espanha para apoiar as forças de Franco).

Entre março e setembro de 1937, enquanto atuava junto ao 2./JGr 88 (2º Staffel do Jagdgruppe 88) ele executou 200 missões de combate, ao longo das quais derrubou seis aviões republicanos.

Após seu retorno à Alemanha em 01.10.1937, Pingel foi nomeado Staffelkapitän do 2./JG 334 (posteriormente re-designado 2./JG 53) . Mais tarde, pelos seus feitos na Guerra Civil Espanhola, ele seria agraciado, em julho de 1939, com a Cruz Espanhola em Ouro com Espadas.

Galland (esq.) discute tática de combate aéreo com Pingel (com as mãos na cintura). Durante a Batalha da Inglaterra, 1940.

A primeira vitória, do então Oberleutnant Pingel, na Segunda Guerra Mundial ocorreu na segunda semana do conflito, no dia 10.09. 1939 ao abater um avião francês Mureaux na frente ocidental e seu segundo abate veio 20 dias mais tarde, em 30.09.1939. No início da Blitzkrieg contra a França, durante um combate épico, ele, já no posto de Hauptmann, derrubou outras três aeronaves francesas em 14.05.1940. Quando da capitulação fran cesa, ele havia obtido oito vitórias na guerra.

Em 22.08.1940, Pingel foi nomeado Kommandeur do I/JG 26, ao lado de nomes como Adolf Galland, Joachim Müncheberg e Gerhard Schöpfel. Finalmente, em 14 de setembro de 1940, ele foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro quando somava 15 vitórias Segunda Guerra Mundial (21 no total).

Após a interrupção dos combates no inverno de 1940/41, Pingel voltaria a enfrentar a RAF sobre o Canal da Mancha na primavera de 1941. Ele derru-bou um Blenheim e um Spitfire no dia 16.06.1941 (18ª e 19ª vitimas), e che-gou a sua 20ª vitória em 22.06.1941.

Em 10.07.1941, Pingel perseguia um bombardeiro quadrimotor inglês des-de o Canal até Londres. No combate, seu radiador e motor foram danifica-dos e ele deu meia volta tentando voltar a sua base.

Contudo, quando estava sobre Dover, o seu Bf 109F-2 (werknummer 12764 - “schwarzer Doppelwinkel”) foi interceptado por um Spitfire, obrigando-o a fazer um pouso forçado em território britânico.

Capturado pelos britânicos, Pingel passaria o resto da guerra em um cam-po de prisioneiros inglês, sendo promovido a Major ainda em cativeiro. Li-bertado em 1947, ele não voltaria a servir na Luftwaffe, seguindo carreira na iniciativa privada.

Tendo executado um total de 550 missões de combate (200 das quais na Espanha), ao longo das quais obte-ve 28 vitórias confirmadas (6 na Guerra Civil Espanhola e o restante na Frente Ocidental), o Major Rolf-Peter Pingel faleceu de causas naturais na Alemanha no dia 04 de abril de 2000, aos 86 anos de idade.

 


Bf 109E-4 - Hptm. Rolf Pingel, Kkommandeur I./JG 26 - França - Agosto, 1940

 



Bf 109F-2 - Hptm. Rolf Pingel, Kommandeur I./JG 26 - França - Julho, 1941

 

 

Principais Ases
Principais Aviões