Robert Olejnik
(1911 - 1988)


Major
JG3,JG1,JG400 e EJG2
680 missões de combate, 42 vitórias (5 na Inglaterra, 3 quadrimotores)
Prisioneiro de guerra

Robert Olejnik em 09 de março de 1911 na cidade de Essen-Borbeck (Alemanha). Ele obteve seu brevê de piloto junto ao Deutsche Verkehrsfliegerschule (Escola de Tráfego Aéreo Alemã), onde concluiu seu treinamen to em outubro de 1933. Em razão de sua experiência prévia, ao ingressar na Luftwaffe em 1935, Olejnik tornou -se instrutor de vôo, função que exerceu pelos cinco anos seguintes, durante o qual conheceu e treinou vários futuros ases.

Olejnik (dir) explica suas táticas de combate para um correspondente de guerra. Ao fundo está Oblt. Helmut Meckel Staffelkapitän do 2./JG 3, em 1940 durante a Batalha da Inglaterra.

Em 15.06.1940, Olejnik foi finalmente transferido para uma unidade de combate, sendo designado para servir como Oberfeldwebel junto ao 2./JG 3 (2º Staffel da Jagdgeschwader 3). Sua primeira vitória aérea veio em 26.08.1940, durante a Batalha da Inglaterra e, até o final daquele ano, ele já acumulava um total de cinco abates confirmados.

Promovido a Leutnant em janeiro de 1941, Olejnik foi apontado Staffelkapitän do 1./JG 3 em 17.05.1941. Ele lideraria essa unidade durante a Operação Barbarossa (a invasão da URSS). Em uma das primeiras missões executadas na frente russa, às 3:40 AM do dia 22.06.1941, Olejnik abateu um caça I-16 - a primeira vitória de um piloto da Luftwaffe naquele front.

Nas semanas seguintes à invasão, Olejnik rapidamente se estabeleceria como um dos principais ases da JG 3: ele abateu quatro bombardeiros russos em 23.06 (suas 07ª a 10ª vitórias) e outros cinco em 26.06 (11ª a 15ª vítimas).


Contudo, o próprio Olejnik foi abatido em 27.06.1941, após um combate contra caças I-16, acreditando-se que foi vítima do ás russo Leitenant Vasilii Demenok (oito vitórias, morto em ação em 14.08.1941), mas conseguiu retornar às linhas alemãs. Pelas suas múltiplas vitórias, Olejnik foi agraciado com o Troféu de Honra da Luftwaffe em 18.07.1941.

Finalmente, em 30 de junho de 1941, quando somava um total de 32 vitórias confirmadas, o Oberleutnant Robert Olejnik foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro. Em 14.08.1941, em outro combate aéreo contra caças I-16 seu Bf109F foi atingido no radiador, obrigando-o a fazer um pouso forçado próximo a Vasilkov, do qual saiu ileso. Em 14.09.1941, quando o I./JG 3 (I Gruppe da JG 3) deixou a Rússia, Olejnik totalizava 37 vitórias aéreas.

Olejnik saindo de seu 109.

Olejnik junto ao leme de seu Bf 109F-2 ornamentado com 21 vitórias. Após ser reequipado com o caça Bf 109 F-4, Olejnik e o I./JG 3 passou a ficar sediado em bases na Holanda, on de desempenharam missões de proteção a navios e inter ceptação de formações inimigas. Em 15.01.1942, sua uni dade foi rebatizada de II./JG 1, sendo que Olejnik passou a comandar o 3./JG 1. Em maio de 1943, ele passou a atuar provisoriamente como Gruppenkommandeur do II./JG 1, após a morte do Hauptmann Dietrich Wickop, a batendo um De Havilland "Mosquito" em 09.05.1943. Ele foi substituído no comando em 28.06.1943 pelo Haupt-mann Walter Hoeckner (68 vitórias e Ritterkreuzträger, morto em ação em 25 de Abril de 1944), passando a co mandar o 4./JG 1.

Em 26.07.1943, com a morte do Major Karl-Heinz Leesmann (detentor da Cruz de Cavaleiro com 37 vitórias), o Hauptmann Olejnik tornou-se Gruppenkommandeur do III./JG 1. Com essa unidade ele alcançaria suas últimas vitórias, ao abater três bombardeiros quadrimotores Boeing B-17 Superfortress. Em 08.10.1943, ele finalmente deixaria a JG 3 ao ser designado para o Erprobungskommando 16, unidade responsável pelo desenvolvimento do revolucionário caça-foguete Messerschmitt Me 163 "Komet".

Em um vôo em 21.04.1944, o motor de seu Me 163B explodiu durante uma aterrissagem em Wittmundhaven. Considerando que a maioria dos acidentes envolvendo o Komet eram mortais, Olejnik teve muita sorte ao escapar com "apenas" uma fratura nas costas e ferimentos faciais.

Após deixar o hospital em agosto de 1944, ele foi designado para a JG 400 - unidade que operava unicamente o Komet - tornando-se Gruppen kommandeur do I./JG 400 em setembro de 1944.

Em 02.11.1944 Olejnik assumiu o comando do IV./EJG 2 (IV Gruppe da Ergänzungsjagdgeschwader 2), que também era equipada com o Me 163 Komet e estava sediado em Udetfeld. Ele lideraria essa unidade até o fim da guerra, em 08 de maio de 1945.

Tendo efetuado 680 missões de combate durante a II Guerra Mundial, du rante as quais obteve 42 vitórias confir madas (32 na frente russa e 10 na frente ocidental - incluindo um Mosquito e três quadrimotores), o Major Robert Olejnik faleceu de causas naturais em Munique, então Alemanha Ocidental, em 29 de outubro de 1988, aos 77 anos de idade.


Bf 109F-2 - Oblt. Robert Olejnik, 1./JG 3 - URSS, 1941

 

Principais Ases
Principais Aviões