Wilhelm Noller
(1919 - 2011)


Leutnant
St.G 2, SG 10
1.058 missões de combate, 2 vitórias
86 tanques, 2 trens blindados, 2 navios, 5 pontes
Prisioneiro de guerra

Destinado a se tornar um dos pilotos mais bem sucedidos do Stukageschwader 2 "Immelmann", Wilhelm Noller nasceu na cidade de Schwäbisch-Hall, Alemanha, em 28 de novembro de 1919.

Tendo se juntado à Luftwaffe em 1939, após a conclusão de seu trei-namento, ele seria designado para servir junto ao 2./St.G 2 (2º Staffel do Stukageschwader 2) no verão de 1942.

Tendo executado sua primeira missão de combate em 28.06.1942 na Frente Russa, Noller logo se destacaria como um dos melhores pilo-tos de seu Staffel e Gruppe, sendo condecorado com o Troféu de Hon ra da Luftwaffe em 23. 11.1942 e, pouco depois, com a Cruz Germâni ca em Ouro em 13.02. 1943 já como Unteroffizier.

Após apenas 10 meses de operações, Noller completou sua 500ª mis são de combate em 17.04.1943 sob Novorossik, sendo que 20 des-sas missões foram executadas durante a Batalha de Stalingrado. Ele prosseguiria em combate efetuando sua 800ª missão em 25.09.1943, alcançando a impressionante marca de 1000 vôos operacionais em 16.03.1944. Por esse feito e por seu desempenho em combate, o ago ra Fahnenjunker-Feldwebel Wilhelm Noller foi agraciado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro em 06 de abril de 1944.

Depois do treinamento de transição para o Focke-Wulf Fw 190, ele se tornou instrutor de vôo em diversas es-colas, retornando ao front com o 7./SG 10 (7º Staffel do Schlachtgeschwader 10) como piloto de assalto duran te os combates de retirada da Hungria.

Noller completou 1058 missões de combate (sendo 34 a bordo de um Fw190), durante as quais destruiu 86 tanques, dois trens blindados, dois navios, cinco pontes, além de duas vitórias aéreas, tendo sido ferido uma vez e abatido em outra ocasião quando saltou do avião. Wilhelm Noller faleceu de causas naturais em 26 de dezembro de 2011, aos 92 anos de idade, na cidade de Erlangen, Alemanha.

Principais Ases
Principais Aviões