Wolfgang Lippert
(1914 - 1941)

Hauptmann
JGr 88, JG 53 e JG 27
30 vitórias (5 na Espanha, 8 na Inglaterra)
Morto em decorrência dos ferimentos (03/12/1941)

 

Um dos mais importantes pilotos alemães da primeira geração da Luftwaffe, Wolfgang Lippert nasceu em 14 de setembro de 1914 em Fraureuth, Estado da Saxônia. Tendo se juntado à Luftwaffe em 1935, após seu treinamento como piloto de caça, ele foi designado para servir como Leutnant junto ao  I/JG 134 “Horst Wessel” (Gruppe I da Jagdgeschwader 134).

Em 15.03.1937 o Oberleutnant Lippert foi transferido para uma nova unidade, então sendo constituída: o I/JG 53, sediado em Wiesbaden-Erbenheim. Pouco depois, ele foi enviado para a Espanha, a fim de lutar na guerra civil em apoio às forças nacionalistas do General Francisco, junto à unidade formada pelos alemães e denominada Legião Condor.

Designado para o 3. Staffel do Jadgruppe 88, Lippert obteve nada menos que cinco vitórias confirmadas perante as forças republicanas entre meados de 1938 e março de 1939. Por seus feitos durante a Guerra Civil Espanhola, Lippert foi agraciado com a Cruz Espanhola em Ouro com Espadas (Spanienkreuz in Gold mit Schwerten).

Após seu retorno à Alemanha, Lippert foi nomeado Staffelkapitän do 3./JG 53 (3º Staffel da JG 53) em 01.05.1939. Sua primeira vitória durante a II Guerra Mundial veio em 30.09.1939, quando abateu um caça francês Morane na região de Wissembourg. Lippert continuaria a frente do 3./JG 53 durante toda a campanha da França.

Promovido a Hauptmann, Lippert foi nomeado Gruppenkommandeur do II/JG 27 em 04.09.1940, em plena Batalha da Inglaterra. Durante os embates contra a RAF sobre o Canal da Mancha e ilhas britânicas, ele derrubaria outros cinco caças inimigos. Finalmente, depois de obter 13 vitórias confirmadas durante a II Guerra Mundial, em 24 de setembro de 1940 o Hauptmann Wolfgang Lippert foi agraciado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro.

Em junho de 1941, Lippert liderou o II/JG 27 na invasão da URSS (a Operação Barbarrossa), logo após uma rápida participação na ocupação dos Bálcãs.

Quando o seu Gruppe foi realocado para o norte da África, em fins de setembro de 1941, Lippert já somava um total de 25 vitórias (incluindo suas vitórias na Legião Condor). Em 22.11.1941 ele abateu dois caças P-40 da RAF e um bombardeiro bimotor Wellington (suas 27ª a 29ª vitórias).

Em 23.11.1941, após abater um caça Hurricane da RAF, o Messerschmitt Bf 109F-4 (W.Nr. 8469) de Lippert foi atingido no motor enquanto duelava contra caças P-40 e bombardeiros Blenheims ingle-ses. Enquanto saltava de seu avião danificado, suas pernas foram atingidas pelo estabilizador vertical. Gravemente ferido, Lippert pousou com seu pára-quedas atrás das linhas inglesas e foi feito prisioneiro.

Levado a um hospital no Egito, os ferimentos em suas pernas infeccionaram e tiveram que ser amputadas. No entanto, Lippert morreu de uma embolia logo após a cirurgia, sem recobrar a consciência no Cai-

ro (Egito) em 03 de dezembro de 1941. Algumas fontes indicam que Lippert foi abatido pelo ás australiano Clive  Caldwell (28.5 vitórias confirmadas, 6 prováveis e 15 aviões danificados) do 250 Squadron.

Quando de sua morte, Hauptmann Wolfgang Lippert havia abatido um total de 30 aviões inimigos (cinco durante a Guerra Civil Espanhola, quatro na Frente Russa e cinco no Norte da África), além de cinco balões de observação aliados.



Bf 109E-7 - Hptm. Wolfgang Lippert, Kommandeur II./JG 27 - URSS - 1941

 



Bf 109F-4/Trop - Hptm. Wolfgang Lippert, Kommandeur II./JG 27 - Ain-El-Gazala/Líbia - setembro, 1942

 

Bf 109E-7 (W.Nr. 4148) de Lippert. Bf 109E-7 (W.Nr. 4148) de Lippert.

 

Principais Ases
Principais Aviões