Dr. Jur. Ernst Kupfer
(1907 - 1943)

Oberst
St.G2 (SG2)
+600 missões de combate
Morto em acidente aéreo (06.11.1943)

Ernst Kupfer nasceu em 02 de julho de 1907 na cidade de Coburg, estado de Oberfranken, Alemanha. Pes-soa de inteligência acima da média, após concluir seus estudos de segundo grau, Kupfer empregou-se como bancário e ingressou no Curso de Direito da conceituada Universidade de Heidelberg.

Pouco depois, em 01 de outubro de 1928 ele voluntariou-se para o serviço militar, sendo designado para o 17º Regimento Bávaro de Cavalaria. Promovido a Leutnant, Kupfer tornou-se membro do staff do Regimento em 01 de abril de 1933, ao que se seguiu sua promoção à Oberleutnant em 01.12.1934. Em março de 1937 Kupfer obtém o Doutorado em Direito, passando a ostentar o título de "Doktor Jurist" (Dr. Jur.). Por fim, no início de 1939 ele seria promovido a Rittmeister - equivalente a Hauptmann nos regimentos de Cavalaria.

Em meados de 1939, Kupfer seria transferido para a Luftwaffe, sendo ini cialmente enviado para a Aufklärer-Fliegerschule (Escola de Pilotos de Observação). Durante o inverno de 1939/40 ele seria treinado como pilo-to de Stuka e, finalmente, em 31 de agosto de 1940, Kupfer seria desig-nado para um Gruppe Operacional da Reserva (Ergänzungs-Stukagru-ppe) sediado em Lippstadt.

Pouco depois, no entanto, em 07.09.1940, Kupfer foi transferido para a Stukageschwader 2 (St.G 2) "Immelmann", sediada na França ocupa-da. Lá ele integraria o Stab do I Gruppe, sob comando do Hauptmann Hubertus Hitschhold (futuro ganhador das Folhas de Carvalho). Em ra-zão de suas notáveis qualidades como líder, Kupfer seria nomeado Staffelkapitän do 7./St.G 2 a partir de 01.10.1940.

Seu primeiro sucesso individual como piloto de Stuka viria durante a O-peração Merkur - a invasão da ilha de Creta no Mediterrâneo. Durante as contínuas missões para manter a frota da marinha real britânica lon- ge da ilha, Kupfer lideraria vários ataques. Durante um destes ele seria o responsável direto pelo afundamento de um cruzador leve inglês.

Com o início da Campanha contra a URSS, em junho de 1941, todo o St.G2 foi transferido para a frente orien-tal. Atuando no norte do front russo, Kupfer lideraria sua unidade em vários ataques contra navios de guerra e de transporte, próximos ao porto de Kronstadt. Ele lograria afundar outro cruzador, apesar da severa oposição do fogo antiaéreo. Em outro ataque, ele conseguiria danificar seriamente o cruzador pesado "Revolução de Outubro" - o irmão do malfadado "Marat", afundado por Hans-Ulrich Rudel em setembro de 1941.

Kupfer comemora sua 400ª missão de combate.

Em sua terceira missão contra as instalações portuárias de Kronstadt, o Ju87 de Kupfer seria danificado seriamen te pelo fogo antiaéreo, mas ele conseguiria pousar atrás das linhas alemãs, mesmo ferido com uma fratura em seu tornozelo. Enquanto estava no hospital de campo, em 23 de novembro de 1941, o Hauptmann Ernst Kupfer foi final-mente condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro.

Nos meses seguintes, sua unidade seria empregada inin-terruptamente em missões de apoio ao avanço alemão na ofensiva daquele ano sobre os Cáucasos. Kupfer seria pro-movido a Major em 01.04.1942, ocasião em que também foi nomeado Gruppenkommandeur do II/St.G 2. Em junho de 1942 ele foi obrigado a fazer um pouso forçado com seu Stuka em chamas na "terra-de-ninguém", escapando por muito pouco à captura por tropas soviéticas.

Kupfer completaria sua 500ª missão de combate em 30.10.1942 e, a partir do Natal de 1942 ele iniciaria missõ es experimentais de ataque a blindados soviéticos. Pouco depois, em 08 de janeiro de 1943, o Major Kupfer tornou-se o 173º soldado da Wehrmacht a ser condecorado por Hitler com as Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro. Em 01.03.1943 ele seria apontado como Geschwaderkommodore da St.G 2 "Immelmann".

Em 05 de julho de 1943 no início da batalha de Kursk - a Opera ção Zitadelle -, Kupfer completaria sua 600ª missão de comba-te . Durante essa breve ofensiva, ele formaria o "Kampfverband Kupfer", em uma experiência de coordenar todos os aviões de suporte terrestre disponíveis na área.

Essa iniciativa não passou despercebida ao Alto Comando: em agosto de 1943 houve uma profunda reformu lação na Luftwaffe, a fim de concentrar todos os três tipos de unidades de apoio ter restre (as Schnellkampfgeschader, as Stukageschwader e as Schlachtgeschwader) em uma única organização, sob a denomi nação padronizada de Schlacht geschwadern. Para tanto, o Chefe do Estado Maior da Força Aérea, General Gunther Kor-ten, nomeou Kupfer como "Inspekteur der Schlachtflieger" (Ins-petor dos Pilotos de Apoio Terrestre), promovendo-o a Oberst-leutnant.

Kupfer se veria envolvido em uma missão colossal: organizar uma força numericamente inferior e composta de vários tipos de aeronaves (Ju87 Stukas, Hs123, Hs129 e Fw190F), em uma es-

Ernst Kupfer (esq.) e Albert Speer (Ministro  dos Armamentos).
estrutura organizada e capaz de infligir ao inimigo o maior número de baixas possível. Isso também significava várias viagens por todos os países ocupados pelas forças germânicas.

Em 06 de novembro de 1943, durante uma viagem à Grécia, o avião que transportava Kupfer, um Heinkel He111, colidiu com uma montanha, próximo ao monte Belasica, a 60km ao norte de Salônica, matando todos os seus ocupantes.

Tendo voado mais de 600 missões de combate ao longo de sua carreira, Ernst Kupfer foi promovido a Oberst e condecorado em caráter póstumo com as Espadas da Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro em 11 de abril de 1944, tornando-se o 62º soldado a receber essa honraria.


Ficha do Piloto
Unidades:
* Sturzkampfgeschwader 2 "Immelmann" - Staffelkapitän 7./St.G 2 (1.10.40)
- Kommandeur II./St.G 2 (1.42 - 2.43)
- Kommodore (13.2.43 - 9.9.43)
* Renomeada Schlachtgeschwader 2 (SG2) a partir de out/1943
Aeronaves:
Junkers Ju 87
Campanhas:
Batalha da Inglaterra
Balcãs
Frente Oriental
Promoções:
 
Condecorações:
- 23.11.1941 - Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro (375.º)
- 14.10.1942 - Troféu de Honra
- 15.10.1942 - Cruz Germânica em Ouro
- 08.01.1943 - Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro (173.º)
* 11.04.1944 - Espadas da Cruz de Cavaleiro (62.º)
* Em caráter póstumo

Kupfer é homenageado após completar sua 400ª missão .

 

Principais Ases
Principais Aviões