Wilhelm Hofmann
(1921 - 1945)


Oberleutnant
JG26
260 missões de combate, 44 vitórias (6 quadrimotores, 13 P-47, 10 P-51)
Morto em ação (26/03/1945)

Karl-Wilhelm Hofmann, o piloto da Luftwaffe que mais abateu caças P-47 Thunderbolt, nasceu em 24 de março de 1921 em Reichelsheim, Hessen, Alemanha. Tendo se voluntariado para serviço na Força Aérea em 1940, após a conclusão de seu treinamento, ele foi designado para servir como Unteroffizier junto ao 1./JG 26 (1º Staffel da Jagdgeschwader 26) em 11.06.1942, então baseado na frente do Canal da Mancha.

A primeira vitória de Hofmann veio no dia 11.10.1942, quando abateu um caça Spitfire da RAF. Entretanto, pouco depois, em 09.12.1942, ele foi obrigado a fazer um pouso forçado com seu Fw 190A-4 (W.Nr. 5617) em razão de uma pane no motor, e os ferimentos resultantes de sua aterrissagem o mantiveram no hospital pelos quatro meses seguintes. Quando de seu retorno à sua unidade, em 31.03.1943, o 1./JG 26 havia sido tempora riamente transferido para a frente russa.

Lutando contra os soviéticos, Hofmann derrubou um caça LaGG-3 em 14.05.1943 - sua única vitória naquele teatro de operações. Em se-tembro de 1943, o Feldwebel Hofmann foi transferido para o 10./JG 26 e, logo em seguida, novamente realocado para o 8./JG 26. Ele seria promovido a Leutnant e designado Staffelkapitän dessa unidade em 29.02.1944; pouco depois, em 15.03.1944, ele abateu seu 10º adver-sário.

O grande momento de Hofmann viria em uma hora crítica para a Ale-manha, quando a Luftwaffe já enfrentava a presença aérea aliada na Normandia, após o desembarque das forças anglo-americanas na França, a partir de 06.06.1944.

Hofmann foi agraciado com a Cruz Germânica em Ouro em 22 de ju-lho de 1944, após ter alcançado a marca de 26 vitórias confirmadas. Em 20.08.1944, após abater dois caças americanos P-47 Thunder-bolt, ele alcançaria a marca de 30 abates confirmados.


Em 22.10.1944 Hofmann foi ferido em seu olho esquerdo em um acidente no solo, quando o ferrolho de uma metralhadora disparou acidentalmente mas, agora com um "tapa-olho" ele continuaria voar em missões de combate. Ele finalmente seria condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro em 24 de outubro de 1944, quando somava um total de 40 inimigos derrubados. Em 01.01.1945, durante a malfadada Operação Bo-

denplatte, ele liderou o 8./JG 26 em um ataque contra a base aérea aliada em Bruxelas (Bélgica). A partir de 15.01.1945 o agora Oberleut nant Hofmann assumiu o comando do 5./JG 26, mantendo, ainda o controle do 8./JG 26, até essa última unidade ser extinta um mês de-pois, em razão das baixas sofridas.

No dia 26 de março de 1945, Hofmann liderava uma formação de oito Fw190 que efetuavam uma missão de "Jabojagd" (caça e bombardeio), próximo à localidade de Wesel-Bocholt ,quando se deparou com uma formação de bombardeiros B-26 da USAAF, escoltados por caças Tempest da RAF, próximos a Munique.

Ele comandou o ataque, abatendo um dos caças de escolta (sua 44ª vitória), mas na confusão que se seguiu seu avião desapareceu.

Posteriormente, foi apurado que Hofmann havia sido abatido pelo seu próprio Rottenflieger, sendo que seu avião avariado caiu na região situa da entre Hasselünne e Flechum. Na verdade, Hofmann conseguiu sal-tar da aeronave, mas não houve tempo de seu pára-quedas abrir em ra zão da baixa altitude.

Durante sua carreira, o Oberleutnant Wilhelm Hofmann efetuou 260 missões de combate, durante as quais obteve 44 vitórias confirmadas (todas, à exceção de uma, na frente ocidental). Dentre essas, estão incluídos nada menos que treze caças P-47 Thunderbolt e outros dez P-51 Mustangs.

Principais Ases
Principais Aviões