Rolf Hermichen
(1918 - 2014)

Major
ZG1, SKG210, JG26, JG11 e JG104
629 missões de combate, 64 vitórias (26 quadrimotores)
Prisioneiro de guerra


Ao final da II Guerra Mundial, vários ases alemães haviam se tornado verdadeiros especialistas em enfrentar as grandes formações de bombardeiros quadrimotores norte-americanos e sua eficaz escolta composta de caças P-47 Thunderbolt e P-51 Mustang. E, entre estes homens estava Rolf Hermichen.

Nascido em 25 de julho de 1918 na cidade de Wernigerode im Harz (Alemanha), Rolf-Günther Hermichen juntou-se à Luftwaffe em 1937. Após a conclusão de seu treinamento como piloto de caça pesado, ele foi designado para servir junto ao II./ZG 1 (Gruppe II da Zerstörer-geschwader 1) como Leutnant, aonde estava quando a guerra eclodiu em setembro de 1939.

Nesta unidade, Hermichen participaria da Campanha da Polônia e, no início de 1940, lutaria na Holanda, Bélgica e França durante a Blitz-krieg que assolou o Oeste da Europa. Durante esse período ele seria condecorado com a Cruz de Ferro de 2ª Classe (em 24.04.1940) e com a Cruz de Ferro de 1ª Classe (pouco depois, em 07.06.1940), o que reflete o seu espírito combativo.

Hermichen lutaria, ainda, na Batalha da Inglaterra, durante a segunda metade de 1940, quando sua unidade sofreu pesadas perdas nos con frontos contra os caças Spitfire e Hurricane da RAF.

Redesignado para o II./SKG 210 (Gruppe II do Schnellkampfgeschwa der 210 - unidade de bombardeiros ligeiros) - o Oberleutnant Hermich

en lutaria com destaque na Operação Barbarossa (a invasão da URSS) a partir de junho de 1941, sendo conde corado com o Ehrenpokal em 23 de dezembro de 1941.

Hermann Graf (esq) e Hermichen.

Rolf Hermichen seria enviado, novamente, para a frente ocidental em abril de 1942, quando foi designado para atuar como Staffelkapitän do 7./JG 26. Já contava, à esta altura, com 11 vitórias confirmadas. Com esta lendária unidade, Hermichen passaria enfrentar as incursões dos caças anglo-americanos sobre a Europa ocupada e, mais importante ainda, as formações de bombardeiros pesados que já começavam a assolar a Alemanha.

Ele se tornaria rapidamente um dos grandes ases naquele front, sendo condecorado com a Cruz Germânica já em 15 de outubro de 1942; após abater seu 18º adversário. Ele permaneceria com esta unidade até meados de 1943 quando foi redesignado para servir junto a recém criada JG 11 comandada por Hermann Graf. Promovido a Hauptmann, ele se tornou Kommandeur do I./JG 11 em outubro de 1943. Seu sucesso foi tamanho que, em certa ocasião, Hermichen abateu dois bombardeiros quadrimotores em uma única missão. Àquela época, já havia sido condecorado com o Frontflug-Spange für Tagjäger in Gold mit Anhänger (Clasp de Caça Diurno em Ouro com Pendante).


Já alçado ao posto de Major, Hermichen seria condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro em 26 de março de 1944, após atingir a marca de 61 vitórias confirmadas.

Contudo, pouco depois, em maio de 1944 ele seria transferido para a JG 111. Esta Geschwader, originalmente foi criada como uma unida-de de treinamento avançado mas, com o aumento da ofensiva aérea aliada, foi rapidamente transferida para a Defesa do Reich. Lá, Herm-ichen atuaria como Gruppenkommandeur do I./JG 111 (mais tarde II./JG 104).

Combatendo contra as infindáveis forças aliadas, Hermichen e seus homens lutaram bravamente até a exaustão completa.

Em reconhecimento a este esforço sobre-humano, o Major Rolf Her-michen foi condecorado com as Folhas de Carvalho da Cruz de Cava leiro em 19 de fevereiro de 1945, tornando-se o 749º soldado da Wehr macht a receber das mãos de Hitler tal honraria.

O Major Hermichen permaneceria com o II./JG 104 até o final das hostilidades, em 08 maio de 1945, quando foi feito prisioneiro pelos aliados, sendo libertado após cerca de dois anos em cativeiro. Ele faleceu em 23 de maio de 2014, aos 95 anos de idade. Durante sua carreira, Rolf Hermichen voou 629 missões de combate durante a II Guerra Mundial, ao longo das quais obteve 64 vitórias confirmadas (sendo oito na Frente Russa) das quais 26 foram bombardeiros quadrimotores.



Fw 190A-3 (W.Nr.20202) - Hptm. Holf Hermichen, Stab/JG26 - Coquelles/França - 1942





Fw 190A-7 - Hptm. Rolf Hermichen, Kommandeur I./JG 11 - Rothenburg/Alemanha - março, 1944

Ficha do Piloto
Unidades:
- Zerstörergeschwader 1 
- Schnellkampfgeschwader 210  
- Jagdgeschwader 26 - Staffelkapitän 3./JG 26
- Jagdgeschwader 11 - Kommandeur I./JG 11 (16.10.43 - 5.44)
- Jagdgeschwader 104 - Kommandeur II./JG 104 (5.44 - 5.45)
Aeronaves:
 - Messerschmitt Bf 110
- Messerschmitt Bf 109
- Focke-Wulf Fw 190
Campanhas:
 - Blitzkrieg
- Batalha da Inglaterra
- Frente Oriental
- Defesa do Reich
Promoções:
 
Condecorações:
- 24.04.1940 - Cruz de Ferro de 2ª classe
- 07.06.1940 - Cruz de Ferro de 1ª classe
- 23.12.1941 - Troféu de Honra
- 15.10.1942 - Cruz Germânica em ouro
- 26.03.1944 - Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro
- 19.02.1945 - Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro ..........................(748º)

Hptm. Rolf Hermichen saindo de seu Fw 190A-7 após abater uma B-17 em 03.03.1944. Cruz de Cavaleiro com Folhas de Carvalho de Hermichen. Cruz Germânica, Clasp, Cruz de Ferro e Badge de Hermichen.

 

Principais Ases
Principais Aviões