Karl Gratz
(1919 - 2002)

Leutnant
JG52 e JG2
~900 missões de combate, 138 vitórias
Prisioneiro de guerra

Karl "Charlie" Gratz nasceu em Wiener, Neustadt, Áustria em 24 de janeiro de 1919. Após concluir seu treinamento como piloto de caça, ele seria designado para servir junto ao 8./JG 52 (8º Staffel da Jagdgesch-wader 52), então em luta na Frente Russa, em outubro de 1941.

Embora tenha alcançado sua primeira vitória apenas em fevereiro de 1942, Gratz iniciou durante os meses do verão daquele ano a cumular uma seqüência notável de vitórias, culminando com a sua condecoração com o Ehrenpokal em 08.06.1942. Por fim, em 1º de julho de 1942, ao alcançar a marca de 54 vitórias confirmadas, o Unteroffizier Karl Gratz foi agraciado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro.

No outono de 1942, promovido a Feldwebel, Gratz derrubaria outros 29 aviões inimigos. Após um breve período atuando como instrutor de vôo no início de 1943, ele seria transferido para a frente ocidental em março de 1943, quando se juntou ao 11./JG 2 "Richthofen" (Gruppe II da Jagd-geschwader 2).

Lutando na frente do Canal da Mancha, Gratz derrubaria dois caças Spitfires (suas 85ª e 86ª vitórias) em sua primeira missão em 04.04.1943. Ele permaneceria um ano na frente ocidental, sendo condecorado com a Cruz Germânica (em 26.07.1943) e acumulando um total de 17 vitórias naquele teatro de operações, antes de retornar à frente russa, quando se juntou novamente ao 8./JG 52. Em 22.05.1944 o Oberfeldwebel derrubaria sua 104ª vítima.

Uffz. Gratz (dir) e Fw. Karl Steffen logo após receberem a Cruz de Cavaleiro.

Uffz. Karl Gratz do 8./JG52 junto ao leme de seu Bf 109G-2 ornamentado com 83 vitorias, Crimea no outono de 1942.

Após freqüentar o curso de formação de oficiais, Gratz seria promovido a Leutnant e nomeado Staffelkapitän do 10./JG 52 a partir de 01.01.1945. Esta unidade permaneceria extremamente ocupada nos últimos meses da guerra, tentando em vão conter as hordas soviéticas. Mesmo neste caos, Gratz alcançaria outras 18 vitórias.

Quando da capitulação, em 08.05.1945, Gratz se rendeu com a sua unidade aos norte-americanos esta-cionados na Checoslováquia, mas ele seria, juntamente com tantos outros prisioneiros, entregues aos russos no final de maio de 1945. Gratz permaneceria em cativeiro soviético até 1949, quando foi solto e repatriado. Nos anos cinqüenta, ele retornaria ao serviço militar, servindo na Bundesluftwaffe até 31.03.1970, quando foi para a reserva com a patente de Oberstleutnant

Tendo voado aproximadamente 900 missões de combate, ao longo das quais obteve um total de 138 vitórias confirmadas, incluindo 17 na frente ocidental (dos quais 3 foram quadrimotores), Karl Gratz faleceu de causas naturais na cidade de Leck, Schleswig-Holstein, Alemanha, em 14 de março de 2002, aos 83 anos de idade.


Principais Ases
Principais Aviões