August Geiger
(1920 - 1943)

Hauptmann
NJG1
328 missões de combate, 54 vitórias (todas à noite)
Morto em ação (30/09/1943)

August Geiger nasceu na localidade de Überlingen, Bodensee, Alemanha, em 06 de maio de 1920. Após ter servido durante seis meses no Reichsarbeitdienst (Serviço de Trabalho do Reich), estágio obrigatório para todo jovem antes do alistamento, Geiger ingressou na Luftwaffe em fins de 1939.

Após a conclusão do seu treinamento, por onde passou pela Zerstörerfligerschule (Escola de Vôo de Caças Pesados) e, por fim, pela Blindfliegerschule (Escola de Vôo Noturno), August Geiger foi designado para servir, em meados de 1941, como Leutnant, junto ao 8./ NJG 1 - o 8º Staffel da Nachtjagdgeschwader 1 - a unidade pioneira da caça noturna na Luftwaffe.

Lutando contra levas cada vez maiores de bombardeiros pesados da RAF, Geiger foi aprimorando suas técnicas de combate e de liderança nos meses seguintes, embora não tenha atingido nenhuma vitória confirmada durante o ano de 1941. Con tudo, a partir de 1942, seu número de vitórias começou a subir gradativamente.

Deste modo, Geiger abateria dois adversários (um Wellington e um Whitley V) na noite de 26 de junho de 1942 - pelo que foi condecorado com a Cruz de Ferro de 2ª Classe - seguido de outro inimigo dois dias depois. Outros adversarios cairiam em 03.07.1942 (um Wellington), 29.07.1942 (Wellington), 30.07.1942 (Whitley V), 10.08.1942 (Wellington) e 11.09.1942 (Wellington). Assim, o jovem Geiger chega-ria ao final do ano superando a marca de dez vitórias e agraciado com a Cruz de Ferro de 1ª Classe.

No início de 1943, August Geiger foi promovido a Oberleutnant e transferido para o 7./NJG 1, continuando a acumular mais vitórias, e sendo condecorado com o Frontflug-Spange für Nachtjäger in Gold. Designado para servir como Staffelkapitän do 7./NJG 1, ele finalmente seria condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro em 22 de maio de 1943, ao superar a marca de 40 vitórias aéreas confirmadas.

Mas as baixas sofridas pela força de caças noturnos também cresceu nes-te período, pressionados pelos números cada vez maiores dos atacantes e por uma nova ameaça: a versão de interceptação noturna do temido caça pesado inglês De Havilland Mosquito.

Ainda assim, Geiger alcançaria várias vitórias no verão de 1943, culminan-do com sua promoção ao posto de Hauptmann e a sua condecoração com a Cruz Germânica em Ouro, em 31 de agosto de 1943.

Atuando já como Gruppenkommandeur do III./NJG 1 (Gruppe III da NJG 1), Geiger decolaria para mais uma missão de interceptação na noite de 29-30 de setembro de 1943, dirigindo-se para a área de Zuider See (litoral da Holanda).

Contudo, seu Bf 110 foi alvejado pelo De Havilland Mosquito pilota-do pelo maior piloto de caça noturno da RAF, Wing Commander Bob Bra-ham, do Nº. 141 Squadron (que encerrou a guerra com 28 vitórias).

Geiger ainda conseguiu abandonar seu avião, mas ao cair nas águas do mar, seu pára-quedas acabou por a-fundá-lo, levando-o a se afogar. Seu corpo foi recuperado mais tarde, sendo sepultado em um cemitério militar. Quando de sua morte, ele havia voado 328 missões de combate, ao longo das quais atingiu a marca de 54 vitó rias noturnas confirmadas. Como reconhecimento tardio pelos seus feitos, Geiger foi condecorado, postuma-mente, com as Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro em 02 de março de 1944, tornando-se o 416º soldado da Wehrmacht a receber esta honraria.

Ficha do Piloto
Unidades:
- Nachtjagdgeschwader 1 - Staffelkapitän 7./NJG 1
- Kommandeur III./NJG 1
Aeronaves:
  - Messerschmitt Bf 110
Campanhas:
  - Defesa do Reich
Promoções:
 
Condecorações:
- 19.10.1942 - Troféu de Honra
- 31.08.1943 - Cruz Germânica em ouro
- 22.05.1943 - Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro
* 02.03.1944 - Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro ..........................(416º)
* Em caráter póstumo



Principais Ases
Principais Aviões