Josef Fözö
(1912 - 1979)


Major
JGr.88, JG72, JG71 e JG51
517 missões de combate, 27 vitórias (3 na Espanha)
Ferido em Acidente Aéreo

Josef "Joschko" Fözö nasceu em 07 de novembro de 1912 em Viena, Áustria e iniciou sua carreira militar ao ingressar na Luftstreitkräfte, a força aérea austríaca, em 1935. Com a anexação de seu país natal pelo III Reich de Hitler, em março de 1938, Fözö foi integrado à Luftwaffe e pouco depois, foi enviado à Espanha, onde ocorreu seu batismo de fogo.

Oblt. Josef Fözö (Staffelkapitän do 4./JG 51) retorna de uma missão.

Entre o verão de 1938 e março de 1939, Fözö voou com o 3º Staffel do Jagdgruppe 88, pertencente à Legião Con dor, a unidade aérea alemã que apoiou as tropas naciona listas do General Francisco Franco.

Nos céus de Espanha, Fözö alcançou a marca de três vitórias confirmadas, ao longo de nada menos que 147 missões de combate. Quando de seu retorno à Alema-nha, Fözö foi agraciado com a Cruz Espanhola em Ouro com Espadas (Spanienkreuz in Gold mit Schwertern).

Promovido a Oberleutnant, Fözö foi nomeado Staffelkapi-tän do 10./JG 72 (10º Staffel da Jagdgeschwader 72), en-tão operando os biplanos Arado Ar 68, sediado em Böblin gen. Pouco depois, assumiu o comando do 2./JG 71, em 16 de julho de 1939, onde estava servindo quando irrom-

peu a II Guerra Mundial, em 01.09.1939. Esta unidade seria redesignada 4./JG 51 em outubro de 1939.

A primeira vitória de Fözö durante a II Guerra Mundial veio em 16.04.1940, quando ele abateu um balão de observação de artilharia, próximo a Breisach, na fase preliminar da campanha da França. Ele se destacaria em especial durante a feroz Batalha da Inglaterra, quando acumulou um total de 13 vitórias confirmadas diante da Força Aérea Real britânica (seis caças Supermarine Spitfires e sete Hawker Hurricanes).

Como resultado de seu desempenho, Fözö foi nomeado Gruppenko mmandeur do II./JG 51, ficando sob comando do lendário Werner Mölders. Quando do início da invasão da URSS, em 22.06.1941, Fö- zö já acumulava 15 vitórias em seu crédito. Os aviões soviéticos revelaram-se presas fáceis para o experiente piloto, que abateu qua tro adversários no dia 30.06.1941 (20ª a 23ª vitórias). Finalmente, em 02 de julho de 1941, o Hauptmann Josef Fözö foi agraciado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro, quando contava com 22 vitórias confirmadas (além das três vitórias da Espanha).

Após derrubar seu 27º adversário em 1.07.1941, Fözö foi gravemen-te ferido em um acidente na decolagem com seu Bf 109F-2 (W.Nr. 12 836) "schwarze <<", no mesmo dia, em Stava Bychow, e que re-sultou em um longo período de convalescença. Ele retornou a frente de combate em 03.05.1942, assumindo o comando do I/JG 51. Con-tudo, em 31.05.1942, Joschko foi novamente ferido em um grave aci-dente de decolagem em Tubelja, à bordo de seu Bf 109F-2 (W.Nr. 8086), resultando no fim de sua carreira de combate.

Fözö (esq) descreve uma de suas vitórias para o Lt. Erich Hohagen e o pessoal de terra.

Após sua recuperação, o agora Major Fözö foi nomeado Kommodore da JG 108 (uma unidade de treinamento operacional) em 04 de junho de 1944. Ele permaneceria à frente desta unidade até 10.01.1945.

Tendo executado um total de 517 missões de combate (147 na Espanha), ao longo das quais obteve um total de 27 vitórias confirmadas (três na Guerra Civil Espanhola, 15 na Frente Ocidental e 9 na Frente Oriental), o Major Josef "Joschko" Fözö veio a falecer em Viena, Áustria, em 04 de março de 1979, aos 66 anos de idade.

Bf 109E-? de Fözö enquanto servia no 3./JGr.88 Fözö em seu Bf 109E-3 enquanto servia no 4./JG 51. Leme do Bf 109E-3 de Fözö.

 

Principais Ases
Principais Aviões