Wolfgang Ewald
(1911 - 1995)


Major
JGr88, JG52 e JG3
78 vitórias
Prisioneiro de guerra

Nascido na cidade de Hamburgo (Alemanha), no dia 26 de março de 1911, Wolfgang Ewald iniciou sua carreira militar em um regimento do exército antes de requerer transferência para a recém-criada Luftwaffe no ano de 1935.

Pouco depois da conclusão de seu treinamento como piloto de caça, o Leutnant Ewald foi designado para servir junto à Legião Condor - o destacamento de soldados alemães enviados à Espanha para lutar na guerra civil daquele país, em apoio as tropas Nacionalista do Gene ral Francisco Franco.

Designado para servir junto ao 2./JGr 88 (2º Staffel do Jagdgruppe 88) , Ewald chegaria em solo espanhol em agosto de 1937.

Efetuando missões contra os republicanos, Ewald - apelidado pelos espanhóis de “Pequeño” - obteria uma vitória aérea antes de retornar à Alemanha em agosto de 1938. Pouco depois de sua volta, em 01. 11.1938, o agora Oberleutnant Ewald foi nomeado Staffelkapitän do 2./JG 52 (2º Staffel da Jagdgeschwader 52).

Ele lideraria essa unidade durante a invasão da Polônia (setembro de 1939) e a Blitzkrieg contra a França, Holanda e Bélgica (maio e junho de 1940).


Promovido a Hauptmann, Ewald seria nomeado em 27.08.1940 Kom mandeur do I/JG 52 (Gruppe I da JG 52), mas somente alcançaria sua primeira vitória no conflito no dia 02.09.1940 ao abater um Hurri-cane da RAF, durante a Batalha da Inglaterra.

Entretanto, ele seria retirado da frente de combate em 05.05.1941, ao ser designado para servir junto ao Stab do Jafü 2 (Jagdführer 2 - o líder dos caças na Luftflotte 2 ), sob as ordens do Generalleutnant Theodor Osterkamp.

Ewald somente retornaria à frente de batalha em abril de 1942, quan do foi transferido para o Stab da JG 3 “Udet”, então lutando na frente soviética.

Sua primeira vitória nesse novo teatro de operações veio em 20.05. 1942 e, ao ser nomeado Kommandeur do III/JG 3, em 23.07.1942, ele já contava com 16 vitórias confirmadas.

Agraciado com o Troféu de Honra da Luftwaffe em 10.09.1942 e com a Cruz Germânica em 03.10.1942, “Pe-queño” derrubaria nada menos que quatro bombardeiros Ilyushin Il-2 (suas 44ª a 47ª vitórias) no dia 26.10.1942 . Finalmente, após derrubar 53 inimigos, o Major Wolfgang Ewald foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro em 09 de dezembro de 1942.

Entre maio e junho de 1943, Ewald atuou como Kommodore substituto da JG 52, abatendo sua 64ª vítima em 02.05.1943 e três bombardeiros Petyliakov Pe-2 no dia 05.07.1942 (suas 65ª a 67ª vitórias).

Contudo, durante um combate sobre a localidade de Belro-god, no dia 14.07.1943, o Bf 109G-6 “schwarz Doppelwinckel ” (werknummer 20220) de Ewald foi atingido pelo fogo antiaé reo soviético. Forçado a saltar de pára-quedas sobre posi- ções inimigas, ele foi capturado, permanecendo em cativeiro russo até dezembro de 1949.

Após seu retorno à Alemanha, Ewald se juntaria, nos anos 50, à nova Bundesluftwaffe, onde serviu até o final da década de 1960, quando se aposentou com a patente de Oberstleut-nant.


Tendo alcançado um total de 78 vitórias confirmadas (todas na frente russa à exceção de uma na Espanha e uma na frente ocidental), Wolfgang Ewald faleceu de causas naturais na Alemanha, no dia 24 de fevereiro de 1995, pouco antes de completar seu 84º aniversário.



Bf 109G-4 - Maj. Wolfgang Ewald, Kommandeur III./JG 3 - URSS - Fevereiro, 1943

 

 


Principais Ases
Principais Aviões