Franz Eisenach
(1918 - 1998)

Major
ZG76, JG1 e JG54
317 missões de combate, 129 vitórias (52 Il-2s)
Prisioneiro de guerra

Franz Eisenach nasceu em 11 de agosto de 1918 na localidade de Reetz, Neumark, Alemanha. Ele ingressou na Luftwaffe em 1937 como cadete e, após a conclusão de seu treinamento como piloto de caça, foi comissionado como Leutnant e designado para o II/ZG 76 (Gruppe II da Zerstörergeschwader) no início de 1940.

Com essa unidade Eisenach voaria principalmente missões de apoio terrestre e de escolta durante a Blitzkrieg, Batalha da Inglaterra e início da invasão da URSS, sem alcançar qualquer vitória confirmada.

Decepcionado com o desempenho dos pesados caças bimotores Bf 110, Eisenach conseguiu ser transferido para o 1./JG 1 (1º Staffel da Jagdgeschwader 1), uma unidade equipada com os caças monomotores Bf 109 em novembro de 1941.

Em janeiro de 1942 ele juntou-se ao IV/JG 1, posteriormente redesignado III/JG 5 "Eismeer", passando a lutar no extremo norte da frente russa, atuando a partir da Finlândia principalmente contra os comboios que se dirigiam para os portos russos em Murmansk. Eisenach permaneceria naquele front até o final de 1942 - somando 21 vitórias confirmadas -, quando foi transferido para a JG 54 "Grünherz", sendo incorporado ao seu Gruppe I.

Após um período afastado por razões de saúde, o Oberleutnant Eisenach foi designado Staffelkapitän do 3./JG 54 no final de abril de 1943 lutando ao longo de todo o front russo. Ele foi condecorado com o Ehren Pokal em 31.08.1943 mas foi ferido gravemente quando seu Fw 190A-6 "Gelb 3" (WNr. 530391) foi atingido pela bateria antiaérea soviética, forçando-o a saltar de pára-quedas. Enquanto se recupera-va de seus ferimentos, Eisenach foi condecorado com a Cruz Germâ nica em 16.01.1944.


Promovido a Hauptmann em maio de 1944, Eisenach seria designado no mês seguinte para servir no Stab/JG 54, baseado na península de Kurland (Letônia). Em 08.08.1944, após o desaparecimento de Horst Ademeit, Eisenach seria indicado Gruppenkommandeur do I/JG 54. Nas semanas seguintes seu número de abates au-

mentaria dramaticamente: em 14.09.1944 ele abateu nada menos que nove caças inimigos, atingindo a "marca mágica" de 100 vitórias aéreas (suas 92ª a 100ª vítimas). Contudo, em 21.09.1944 ele seria ferido enquanto bombardeava posições inimigas.

Finalmente, em 10 de outubro de 1944, quando somava 107 abates e se recuperava dos ferimentos, o Hauptmann Franz Eisenach foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro. Ele retornou ao front em 05.12.1944, passando a lutar junto com as tropas alemãs encurraladas no bolsão de Kurland, abatendo dois Il-2 sobre o golfo de Riga no dia 14 daquele mês e outros quatro Pe-2 no dia seguinte.

Promovido a Major em 01.01.1945, Eisenach acumularia outras 16 vitórias confirmadas antes da rendição alemã em 08.05.1945. Nesse dia, ele conseguiu fazer seu vôo final, escapando do bolsão de Kurland e dirigindo-se ao norte da Alemanha, onde se entregou aos ingleses. No pós-guerra, Eisenach voltaria a vestir o uniforme da Força Aérea alemã, tendo se juntado à Bundesluftwaffe em 1956 e onde permaneceria até se aposentar em 30.09.1974, com a patente de Oberstleutnant.

Tendo acumulado um total de 129 vitórias confirmadas (incluindo 52 Ilyushin Il-2) durante 317 missões de combate executadas ao longo da II Guerra Mundial, o Major Franz Eisenach faleceu de causas naturais em Ottobrunn-München (Munique), Alemanha, em 21 de agosto de 1998, quando contava com 80 anos de idade.


Fw 190A-8 - Hptm. Franz Eisenach, Kommandeur I./JG54 - Schrunden/Courland - novembro, 1944.

Principais Ases
Principais Aviões