Peter Düttmann
(1923 - 2001)

Leutnant
JG 52
398 missões de combate, 152 vitórias (42 não confirmadas, 38 Il-2)
Prisioneiro de guerra

Peter "Bonifaz" Düttmann nasceu em 23 de maio de 1923 na localidade de Gießen, Alemanha. Após con-cluir seu treinamento como piloto de caça ele seria designado, em 07.05.1943, para servir como Unteroffizier junto ao 5./JG 52 (5º Staffel da Jagdgeschwader 52), unidade que lutava na frente oriental. Aí, ao lado dos ases Heinz Ewald (84 vitórias) e Heinz Sachsenberg (104 vitórias) formaria um poderoso e imbatível trio de pilotos.

Düttmann alcançou sua primeira vitória três semanas após sua chegada ao front, em 21.05.1943 e, ao final da-quele ano já havia abatido 25 aviões inimigos. Nos primeiros meses de 1944 ele experimentaria um sucesso invejável contra os caças soviéticos, derrubando 18 adversários em março, outros 22 em abril e 14 em maio, incluindo nove vitórias (suas 83ª a 91ª vitórias) alcançadas no dia 07.05.1944. Sendo condecorado com o Troféu de Honra da Luftwaffe em 08.02.1944 e com a Cruz Germânica em 15.04.1944.

Heinz Ewald (esq.) logo depois de receber a Cruz de Cavaleiro e Düttmann.

Finalmente em 09.06.1944 Leutnant Düttmann recebeu a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro, permanecendo um tempo afastado dos combates até retornar em meados de setembro, quando alcançou sua 100ª vitória em 29.09.1944 e sua 125ª em 13.11.1944 servindo no 6./JG 52.

Nesse mesmo dia, após ter seu avião severamente danifi-cado, ele sobreviveria a um salto de pára-quedas a ape-nas 300 metros de altitude.

Pouco depois, em 23.12.1944 seria nomeado Staffelkapi-tän do 5./JG 52. Sua 150ª vítima tombaria em 13.04.1945 e suas duas últimas vitórias foram dois blindados (nos úl-timos dias da guerra a Luftwaffe passou a aceitar a des-truição de tanques de guerra como vitórias).

Quando a guerra chegou ao fim, em 08 de maio de 1945, ele havia alcançado a marca de 152 vitórias (incluin-do 38 Ilyushin Il-2, 8 bombardeiros Boston, 5 caças romenos, 99 caças russos e 2 blindados) durante 398 missões de combate.

Peter Düttmann não retornaria à Luftwaffe no pós-guerra e veio a falecer de causas naturais em Echterdingen, Alemanha, em 09 de janeiro de 2001, quando contava com 77 anos de idade.


Bf 109G-3 - Lt. Peter Düttmann, 5./JG 52 - Bonifaz/URSS - Julho de 1943.


Düttmann na Itália em 2000 visitando o Messerschmitt Bf 109G-4 "3-branco Nesthäkchen" recem restaurado. Hoje este avião encontra-se em exposição no Technik Museum Speyer. Condecorações de Düttmann durante o seu velório em 09.01.2001. Sepultura de Duttmann, 09 de janeiro de 2001 .

 

Principais Ases
Principais Aviões