Adolf Dickfeld
(1910 - 2009)

Oberst
AG7, JG2, JG52 e JG11
1.072 missões de combate, 136 vitórias (12 quadrimotores)
Prisioneiro de guerra


Adolf Dickfeld, uma das figuras mais controvertidas da Luftwaffe, nasceu em 20 de fevereiro de 1910 em Juterbog, Brandenburg (Alemanha). Desde jovem ele demonstrou uma grande vocação para lidar com apare-lhos elétricos e eletrônicos, de modo que, no final dos anos 20, atuou como operador de rádio em várias expe-dições ao círculo polar ártico e à Antártida. Se não bastasse, seu espírito aventureiro fez com que obtivesse sua licença de piloto sozinho, razão pela qual foi colocado na reserva de pilotos de caça, após 1935.

Após ter servido um tempo como instrutor no RAD (Reichsarbeitdienst - Serviço de Trabalho do Reich), Dickfeld finalmente seria incorporado definitivamente à Luftwaffe em março de 1937, quando foi designado para o Aufklärungeschwader 7 (Ala de Reconhecimento 7), ainda co mo Oberfeldwebel.

Contudo, insatisfeito com as funções que efetuava, Dickfeld pleiteou sua transferência para a Força de Caças, sendo que conseguiu ser designado, após concluir o treinamento na Jagdfliegerschule, para a JG 2 "Richthofen" (Jagdgeschwader 2) onde estava quando do início da guerra, em setembro de 1939. Promovido a Leutnant em 11 de de-zembro de 1939 e condecorado com a Cruz de Ferro de 2ª Classe em 13 de dezembro de 1939.

Embora tenha combatido durante as campanhas da Blitzkrieg de 1940 e na Batalha da Inglaterra, Dickfeld não conseguiu abater nenhum adversário em quase dois anos, refletindo as dificuldades enfrentadas pelos pilotos alemães em confrontar os motivados pilotos da RAF.


No início de 1941, Dickfeld foi transferido para a JG 52, juntando-se ao 7./JG 52 (7º Staffel da JG 52).

Em 03 de maio de 1941, ele foi condecorado com a Cruz de Ferro de 1ª Classe e foi mencionado no Comunicado das Forças Armadas (Wehrmachtbericht) dois dias depois.

Com o início da Operação Barbarossa, em junho daquele ano, o comprometimento da JG 52 na Rússia foi comple-to. Dickfeld viu-se envolvido em um grande número de combates aéreos contra um inimigo mal treinado - e seu número de vitórias começou a crescer.

Seu 10º adversário foi derrubado em 18.08 .1941 e no dia 24.10.1941 ele derrubou nada menos que cinco aviões soviéticos, alcançando a marca de 20 vitórias aéreas.

No final de 1941, Dickfeld já somava um total de 37 vitórias aéreas e foi condecorado com o Troféu de Honra da Luftwaffe em 15 de dezembro de 1941.

Mesmo durante o rigoroso inverno daquele ano Dickfeld não esmore-ceu. Condecorado com a Cruz Germânica em Ouro em 22.01.1942, ele finalmente seria agraciado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro em 19 de março de 1942, quando somava 47 vitórias aéreas, além de ter destruído outros oito aviões, onze locomotivas e dois blindados no solo. Sua 56ª vitória confirmada viria em 29 de abril de 1942.

Nomeado Staffelkapitän interino do 8./JG 52 em 09.05.1942. Dickfeld experimentaria um sucesso inédito durante aquele mês: no dia 08 ele derrubaria 11 adversários (suas 63ª a 73ª vitórias), outros nove (82ª a 90ª) tombariam no dia 14 e mais dez inimigos (91ª a 100ª vitórias) no dia 18 de maio. Quando somava 101 abates confirmados, em 19 de maio de 1942, Adolf Dickfeld recebeu das mãos de Hitler as Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro, tornando-se o 94º soldado alemão a ser agraciado com esta condecoração. Na mesma ocasião ele também foi promovido a Oberleutnant e era nesse momento, um dos maiores ases de todo o conflito. Após uma breve pausa, Dickfeld retornaria à frente russa em agosto de 1942 como Adjutant do III./JG 52, acrescentando outras 14 vitórias à sua contagem no espaço de apenas um mês.

Recém condecorado, Lt. Dickfeld observa um ofical colocar a Cruz de Cavaleiro no pescoço do Fw. Edmund Roßmann em 19.03.1942.


Oblt. Dickfeld é condecorado por Hitler com as Folhas de Carvalho. Wolfsschanze (25.05.1942)

No outono de 1942 ele juntou-se ao Stab do II./JG 2 e, em dezembro de 1942, foi transferido para atuar na Tuní- sia, em apoio ao Afrika Korps. Nesse novo teatro de ope-rações, Dickfeld alcançaria cinco vitórias, sendo efetivado como Gruppenkommandeur do II./JG 2 e promovido a Hauptmann em 07 de janeiro de 1943. Contudo, no dia seguinte, ele foi ferido durante um dogfight contra caças americanos e transferido de volta à Alemanha para recuperar-se.

Após sua convalescença, em abril de 1943, Dickfeld foi designado para atuar como Gruppenkommandeur do II./JG 11, que estava empenhado na Defesa do Reich. Foi promovido à Major em 18.5.1943. Durante o período que esteve à frente deste Gruppe, Dickfeld conseguiria repetir o seu sucesso, tendo abatido doze bombardeiros quadri-motores aliados.


No entanto, Dickfeld aparentemente também possuía uma proximidade muito grande com as figuras políticas do III Reich e, em dezembro de 1943, ele passou a integrar o Staff do Ministério da Aeronáutica Alemão.

Até o final da guerra Adolf Dickfeld atuou como Reichsinspekteur der Flieger-HJ, papel que o tornou responsável direto pelo treinamento das tripulações de vôo substitutas e recrutadas junto à Hitlerjugend (Juven-tude Hitlerista), tendo sido promovido à Oberstleutnant em 21.06.1944 e à Oberst em 22.02.1945. Dickfeld foi um dos raríssimos pilotos da Luftwaffe a ser fotografado utilizando uma braçadeira do Partido Nacio-nal-Socialista.

Essa proximidade com a cúpula do Partido Nazista o manteve afasta-do da nova Luftwaffe, reconstruída nos anos 50. Adolf Dickfeld mante-ve-se envolvido com a iniciativa privada, passando boa parte de sua vi-da no pós guerra em sua fazenda situada na Namíbia (África).

Ao longo da guerra Dickfeld atingiu a marca de 136 vitórias confirma das, das quais 119 foram obtidas na Frente Russa, além de cinco caças aliados derrubados sobre a África e 12 quadrimotores abatidos na Defesa do Reich. Dickfeld continuou a voar até depois de seus oitenta anos de idade e veio a falecer de causas naturais em Dreieich, Hesse, Alemanha, em 19 de maio de 2009, aos 99 anos de idade. 




Fw 190 A-3 (W.Nr. 0130541) - Oblt. Adolf Dickfeld, Stab II./JG 2 - San Pietro/Itália- novembro, 1942




Fw 190A-4 - Oblt. Adolf Dickfeld, Kommandeur II./JG 2 - Tunísia - janeiro, 1943

Ficha do Piloto
Unidades:
  - Aufklärungeschwader 7  
- Jagdgeschwader 2 "Richthofen" - Kommandeur II./JG 2 (1.43 - 31.3.43)
- Jagdgeschwader 52 - Staffelkapitän 8.JG 52 (9.5.42 - 27.5.42)
- Adjutant III./JG 52 (8.42 - 11.42)
- Jagdgeschwader 11 - Kommandeur II./JG 11 (17.4.43 - 5.43)
Aeronaves:
  - Messerschmitt Bf 109
- Focke-Wulf Fw 190
Campanhas:
  - Blitzkrieg
- Batalha da Inglaterra
- Frente Oriental
- Defesa do Reich
Promoções:
- 11.12.1939 - Leutnant
- 19.05.1942 - Oberleutnant
- 07.01.1943 - Hauptmann
- 18.05.1943 - Major
- 21.06.1944 - Oberstleutnant
- 22.02.1945 - Oberst
Condecorações:
- 13.12.1939 - Cruz de Ferro de 2ª classe
- 03.05.1941 - Cruz de Ferro de 1 ª classe
- 15.12.1941 - Troféu de Honra
- 22.01.1942 - Cruz Germânica em ouro..................................................(7/20)
- 19.03.1942 - Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro...................................(433º)
- 19.05.1942 - Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro ............................(94º)

Lt. Dickfeld no cockpit de seu Bf 109E-7 "1-preto". Grécia, 1941. Lt. Dickfeld saindo de seu Bf 109E-7 "1-preto". Grécia, 1941. Dickfeld e seu mascote.



Principais Ases
Principais Aviões