Hans Dammers
(1913 - 1944)

Leutnant
JG 52
113 vitórias (23 ñ confirmadas)
Ferido em ação (13/03/1944)
Morto em decorrência dos ferimentos (17/03/1944)

Hans Dammers nasceu em 08 de dezembro de 1913, na cidade de Scherpenberg, Renânia (Alemanha). Após a conclusão de seu treinamento como piloto de caças, ele foi designado, no verão de 1941, para servir como Unteroffizier junto ao 7./JG 52 (7º Staffel da Jagdgeschwader 52), então atuando na frente russa.

Hans Dammers recebe a Cruz de Cavaleiro das mãos de Hermann Graf.

Dammers obteve sua primeira vitória em 31.08.1941 e, ao final daquele ano, já havia acumulado um total de nove abates, revelando-se nos meses seguintes um dos principais ases da unidade.

Atuando também em várias missões de ataque a alvos terrestres, e condecorado com o Troféu de Honra da Luftwaffe em 29.06.1942, Dammers foi obrigado a fazer um pouso forçado em território inimigo em 17.07.1942, mas conseguiu evadir-se dos soviéticos e retornar às linhas alemãs a despeito de ferido.

Enquanto se recuperava, ele foi condecorado com a Cruz Germânica em 20.07.1942 e, finalmente, em 23 de agosto de 1942, o Feldwebel Hans Dammers foi agraciado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro, quando já somava um total de 51 vitórias confirmadas. Após sua recuperação, Dammers continuaria a obter várias vitórias diante dos soviéticos, abatendo cinco adversários em 29.11.1942 (suas 85ª a 89ª vitórias). Ele finalmente atingiria a "marca magica" de 100 vitórias em 05.05.1943.


Transferido pouco depois para o Ergangzungsgruppe Ost (Gruppe de Reserva da Frente Leste), onde atuou como Instrutor, Dammers sofreu um grave acidente de vôo em 23.07.1943, somente retornando à frente de combate em janeiro de 1944, quando juntou-se ao lendário 9./JG 52 "Karaya Staffel".

Em 13.03.1944, durante um combate aéreo, o Bf 109G-6 "gelbe 9" (werkenummer 20162) de Dammers colidiu com um caça soviético La-5. A despeito da baixa altitude, Dammers saltou de seu avião descontrolado, mas seu pára-quedas não abriu completamente. Gravemente ferido, ele foi levado para o Hospital Militar localizado em Stanislau, mas ele não resistiu e veio a falecer em 17 de março de 1944, sendo promovido postumamente a Leutnant.

Ao longo de sua carreira, Hans Dammers obteve 113 vitórias na frente leste (além de outras 23 nunca confirmadas), às quais somam-se 11 aviões, oito locomotivas, 39 veículos leves, 34 veículos pesados, três canhões antiaéreos e um blindado destruídos em ataques ao solo.

 

Principais Ases
Principais Aviões