Ludwig Becker
(1911 - 1943)

Hauptmann
ZG1 e NJG1
165 missões de combate, 46 vitórias (todas à noite)
Morto em ação (26/02/1943)
Ludwig Becker figurou, no início da guerra, como um dos grandes entusiastas da caça noturna, sendo que acabou por tornar-se não somente um de seus primeiros ases mas também um dos pilotos responsáveis pela introdução de novas tecnologias e estratégias de interceptação às cegas, posto que foi um pioneiro nas técnicas de direcionamento por ondas de rádio.

Nascido em 22 de agosto de 1911 em Dortmund, região de Westfalen (Alemanha), Ludwig Becker havia se juntado à Luftwaffe em meados dos anos 30.

Assim como todos os outros ases da caça noturna, ele pertenceu originalmente a uma unidade de caças diurnos pesados, a ZG (Zerstorergeschwader 1, equipada com o bimotor Messerschmitt Bf 110), onde esteve durante as Campanhas da Polônia, Países Baixos, Bélgica e França.

Após o fracasso da Batalha da Inglaterra, o então Oberleutnant Becker transferiu-se para a recém-criada força de caça noturna, quando foi incorporado a NJG 1 (Nachtjagdgeschwader 1), sob comando de Wolfgang Falck, que operava a partir da Holanda ocupada.

Transferido para o II./NJG2 (Gruppe II da Nachtjagdgeschwader 2), Becker - rapidamente foi designado Staffekapitän do 6./NJG 2 (6º Staffel da NJG2)- não tardaria em começar a implementar suas mudanças.


Na noite de 16 de outubro de 1940, Becker obteve sua primeira vitória noturna sobre um bombardeiro britânico Whitley V. Nesta operação, o controle em solo foi utilizado baseando-se nos sinais captados por um radar Freya terrestre (localizado em Leeuwarden), cujos sinais foram "cruzados" com um equipamento de busca direcionada AN instalada a bordo do caça pesado Junkers Ju 88 de Becker e operado pelo Feldwebel Josef Staub.

Ao longo dos meses seguintes, Becker continuaria a desenvolver estas técnicas. Na noite de 09.08.1941, ele e Staub obtiveram aquela que seria a primeira vitória aérea a ser alcançada através de equipamentos de radar instalados a bordo de uma aeronave - no caso um Lichtenstein B/C.

Outros sucessos se seguiram e Becker seria condecorado com o Troféu de Honra da Luftwaffe em m 02.03.1942 e e também tornou-se um dos agraciados com a Cruz Germânica em 24 de abril de 1942.


Por esta época, Becker já era considerado uma referência técnica dentro da NJG2. Ele voava em missões de combate durante a noite e aproveitava o seu tempo durante o dia para ensinar aos pilotos mais novos e menos experientes suas técnicas e experiências.

Uma de suas estratégias preferidas de abordagem era atacar enquanto subia em direção à aeronave inimiga, atirando na sua porção inferior da retaguarda, visando com isso aproveitar ao máximo o poder de fogo dos canhões de seu avião ao concentrar o impacto dos projéteis de 20mm em uma área pequena. Com esta técnica Becker obteve 32 de suas 44 vitórias - sempre em companhia de seu rádio-operador Staub. Muitas de suas vítimas sequer chegaram a perceber o que estava acontecendo antes que já estivessem despencando em direção ao solo, devido a esta tática de "ataque fantasma".

Por fim, ao alcançar sua 25ª vitória aérea, o Oberleutnant Ludwig Becker foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro em 01 de julho de 1942.

No início de 1943, a Luftwaffe decidiu empregar os experientes pilotos noturnos em missões diurnas de interceptação de formações de bombardeiros. Foi um dos maiores erros do OKL, pois os pesados caças bimotores Bf 110G e Ju 88 praticamente não tinham chance contra as escoltas formadas pelos modernos e rápidos caças norte-amercinos P-47 Thunderbolts e P-51 Mustangs. Até que esta diretiva fosse alterada, vários pilotos alemães encontraram uma morte estúpida e inútil.

Hauptmann Ludwig Becker - então atuando como Staffelkapitän do 12./NJG 1 - foi um deles. Ele foi abatido e morto em sua primeira missão diurna, em 25 de fevereiro de 1943, ao norte de Schiermonnikoog (Holanda), em um combate sobre a Baía de Helgoland, enquanto interceptava uma formação de bombardeiros B-17 Flying Fortress. O reconhecimento tardio veio no dia seguinte quando, em caráter póstumo, Ludwig Becker tornou-se o 198º soldado da Wehrmacht a ser agraciado com as Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro. Ao longo de sua carreira, Becker havia alcançado o número de 46 vitórias confirmadas.

Ficha do Piloto
Unidades:
- Zerstörergeschwader 1  
- Nachtjagdgeschwader 1 - Staffekapitän 12./NJG 1
Aeronaves:
  - Messerschmitt Bf 110
- Junkers Ju 88
Campanhas:
  - Blitzkrieg
- Batalha da Inglaterra
- Defesa do Reich
Promoções:
 
Condecorações:
- 03.07.1940 - Cruz de Ferro de 2ª classe
- 23.12.1940 - Cruz de Ferro de 1ª classe
- 02.03.1942 - Troféu de Honra
- 24.04.1942 - Cruz Germânica em ouro................................................(28/47)
- 01.07.1942 - Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro...................................(501º)
* 26.02.1943 - Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro ..........................(198º)
* Em caráter póstumo


Bf 110G-4 do Hptm. Ludwig Becker, Staffelkapitan do 12./NJG 1

Principais Ases
Principais Aviões