Walter Adolph
(1913 - 1941)

Hauptmann
JGr88, JG1, JG27 e JG26
79 missões de combate, 25 vitórias (1 na Espanha, 9 na Inglaterra)
Morto em Ação


Walter Adolph nasceu em 11 de junho de 1913 na cidade de Fontanelle, na Romênia, filho de pais alemães. Tendo ingressado na Luftwaffe em 1935, o Leutnant Adolph foi um dos pilotos escolhidos para adquirir experiência de combate durante a Guerra Civil Espanhola, servindo no 1./J.88 (1º Staffel do Jagdgruppe 88) da Legião Condor entre o outono de 1937 e a primavera de 1938. Neste conflito ele obteve sua primeira vitória aérea, abatendo um biplano das forças republicanas em 30.12.1937.

Após retornar à Alemanha, ele foi designado para servir junto a Jagdgeschwader 1, tornando-se Staffelkapitän do 2./JG 1 no início de 1939. O início da II Guerra Mundial, em 1º de setembro de 1939 o encontrou baseado em Seerapen, cabendo-lhe a proteção da Prússia Oriental, durante a invasão da Polônia. Embora tenha executado algumas missões sobre o território polonês, sua unidade foi chamada de volta à Alemanha.

Sua primeira vitória na II Guerra Mundial ocorreu em 01.10.1939, quando Adolph derrubou um bimotor Blenheim de reconhecimento da RAF. Durante a campanha da França, Adolph adicionou outras cinco vitórias ao seu score, entre os quais estavam três bombardei-ros bimotores ingleses, abatidos em apenas cinco minutos na região de Maastricht em 12.05.1940.

Em 09.07.1940, sua unidade foi renomeada 8./JG 27, mas, pouco depois, em 04.10.1940 o agora Hauptmann Adolph foi transferido para a Jagdgeschwader 26 “Schlageter”, onde se tornou Gruppenkommandeur do II/JG 26, quando contava com nove vitórias confirmadas. Algumas semanas mais tarde, em 26.10.1940, ele foi condecorado com o Ehrenpokal da Luftwaffe.

Hptm. Rolf Pingel (Kommandeur I./JG 26), Hptm. Gerhard Schöpfel (Kommandeur III./JG 26) e Hptm. Walther Adolph (Kommandeur II./JG 26).

Finalmente, em 13 de novembro de 1940, o Hauptmann Walter Adolph foi agraciado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro, após 15 vitórias confirmadas na II Guerra Mundial.  Em julho de 1941, o II./JG 26 sob comando de Adolph foi escolhida como a primeira unidade da Luftwaffe a receber o novo caça Focke-Wulf Fw 190.

Em 18 de setembro de 1941 Adolph liderou uma formação de dois Schwarm (oito caças) a bordo de seu Fw 190A-1 (W.Nr. 0110 028) “schwarze Doppel-winkel”, em uma missão de escolta de um navio-tanque alemão próximo a Ostend. Eles depararam-se com uma força de bombardeiros Blenheims da RAF e sua escolta de caças Spitfires e Hurricane. Durante a escaramuça que se seguiu Adolph não foi mais visto e não retornou à base. Seu corpo, entretanto, foi encontrado nas praias belgas, três semanas mais tarde. Provavelmente ele foi abatido próximo a Blankenberge, Bélgica, pelo ás britânico Cyril Babbage (7.27 vitórias confirmadas, 2.333 prováveis e 2 aviões danificados) do 41 Squadron da RAF. Em seu relatório, Babbage informou o abate de uma aeronave não identificada, similar ao Curtiss Hawk. O Fw 190 de Adolph foi o primeiro avião deste modelo a ser perdido em combate aéreo.

Quando de sua morte, o Hauptmann Walter Adolph tinha alcançado a marca de 25 vitórias confirmadas e quatro vitórias não confirmadas. Todos os seus abates – à exceção de um – foram alcançados na Frente Ocidental.




Bf 109E-3 - Hptm. Walter Adolph, Kommandeur II./JG 26 - França, 1940

 

Principais Ases
Principais Aviões