Focke-Wulf Ta 183
"Huckebein"



No dia 15 de julho de 1944, o RLM apresentou uma proposta (226/II) para todos os fabricantes alemães de aeronaves. Esta "Competição para o Caça de Emergência", que fosse capaz de combater a ameaça dos bombardeiros B-29 e Mosquitos, especificava os seguintes requisitos (estes foram modificados mais tarde varias vezes) para a segunda geração de caças à reação do III Reich:

- ser propulsionado por um único turbojato Heinkel-Hirth HeS 011 de 1.300 kp
- atingir 1.000 km/h a 7.000 m de altitude
- ter capacidade para 1.000 litros de combustivel, afim de permanecer voando por 30 minutos ao nivel do mar
- ser capaz de operar a 14.000 m
- estar armado com 4 x canhões MK108 de 30mm
- possuir blindagem frontal de 12,70 mm para o piloto
- possuir cockpit pressurizado

Depois de ganhar o concurso frente ao Messerschmitt P.1101 entre outros, o Ta 183 foi aprovado para ser de-senvolvido e entrar em produção o mais breve possivel, fato este que nunca aconteceria no decorrer do conflito. Ao todo foram construídos dezesseis protótipos ou Versuchs (série experimental): os Ta 183 V1-V3 propulsionado por um turbojato Jumo 004B, os Ta 183 V4-V14 aparelhos de pré-produção (séries-0) equipados com o Heinkel HeS 011 e os V15-V16 como modelos para testes estáticos (sem motor). Com certeza, alguns desses protótipos devem ter chegado a levantar vôo.

Após a derrota alemã, seu projeto detalhado foi tomado pelos soviéticos quando estes invadiram os escritórios do RLM em Berlim. Mas ao contrário do que se pode imaginar, a história do Ta 183 não terminou junto com a guerra. Pouco tempo depois, ele serviria de base para o desenvolvimento do MiG-15 e consequentemente toda uma linhagem de caças soberbos.

Em março de 1946, na divisão de projetos da MiG, os soviéticos iniciaram a construção dos seis primeiros pro tótipos. No dia 2 de julho de 1947, o primeiro Ta 183 russo levantou vôo propulsionado por um turbojato Rolls-Royce "Nene" britânico.

Nos meses seguintes o "projeto russo" foi se aperfeiçoando, e depois de passar por várias modificações - en-tre elas o deslocamento do estabilizador horizontal mais para baixo - o novo Ta 183 modificado vôou pela pri-meira vez no dia 30 de dezembro de 1947 e em maio de 1948 ele seria aprovado para entrar em produção com o nome de MiG-15. Daí a tradição que afirma que o Focke-Wulf Ta 183 deve ser considerado o "avo" deste fa-moso caça que tanto sucesso obteve durante o conflito da Coréia - quando enfrentou o não menos conhecido F-86 Sabre norte-americano - e que ainda hoje está em utilização em diversos países do mundo.

Na mesma época, em 1947, Kurt Tank (projetista-chefe da Focke-Wulf) deixou a Alemanha para ir morar na Ar gentina - atendendo ao convite do presidente daquele país Juan Perón - com o propósito de construir um caça a reação para a Força Aérea. Tank decidiu construir o Ta 183 e depois de algumas modificações no projeto ori ginal o protótipo argentino (denominado de Pulqui II) realizou seu primeiro vôo no dia 27 de junho de 1950. No entanto, depois de seis aparelhos terem sido completados em 1954, o programa foi cancelado.

Ta 183 (Desenho II)
Ta 183 (Desenho III)
MiG-15


Histórico
Séries:
Protótipos (V1-V16)
Categoria(s):
Caça monoposto a jato
Tripulantes:
 
Primeiro Vôo:
1945?
Primeira entrega:
 
Última entrega:
 
Obs:
Particiou da "Competição para o Caça de Emergência" junto com o P.1101 e venceu.
Ficha Técnica - Ta 183 (Projeto I)
Motor:
(V1-V3): 1 x Jumo 004B
(V4-V14) 1 x Heinkel He S 011
V15 e V16 eram protótipos estáticos e não possuíam motores.
Potência:
(V1-V3): 900 kp
(V4-V14): 1.300 kp
Dimensões:
Envergadura:......................................10,00 m
Comprimento:.....................................09,20 m
Altura:................................................. 
Pesos:
Vazio:..................................................2830 kg
Máximo:............................................. 4300 kg
Desempenho:
Vel. cruzeiro:...................................... 
Vel. máxima:......................................960 km/h (c/ He S 011)
Vel. ascensão:....................................1.225 m/min
Autonomia:.........................................722 km
Teto serviço:......................................14.000 m
Armamento(s):
4 x MG151 de 20mm ou 2 x MK103/MK108 de 30mm
1 x bomba de 500 kg
 
Modelo concluído.



Principais Aviões
Condecorações