Flettner Fl 185
"Heliogyro"

Fl 185 V1 (D-EFLT) durante os testes de vôo

Este misto de autogiro e helicóptero foi desenvolvido em 1936 com apoio da Kriegsmarine. Era propulsado por um motor radial BMW-Bramo Sh 14A de 160 hp localizado no nariz. O motor alimentava um rotor principal de três pás e 12 m de diametro e duas hélices auxiliares localizadas nas laterais da fuselagem. As hélices auxiliares trabalhavam em oposição ao torque do rotor principal, uma função similar aos rotores traseiros dos helicópteros atuais.

Para o vôo como helicóptero a maior potência era destinada ao rotor principal e uma pequena parte para a hélice que estava acoplada no lado esquerdo da aeronave para compensar o torque. Caso fosse utilizado como autogiro toda a potência do motor era utilizada pelas hélices principais e o rotor girava livremente.

O Fl 185 fez apenas alguns poucos testes de vôo próximos ao solo antes de ser abandonado em favor do Fl 265. Apenas um protótipo foi construído.

Histórico
Séries:
Protótipo
Categoria(s):
Helicóptero experimental
Tripulantes:
1
Primeiro Vôo:
1936
Primeira entrega:
 
Última entrega:
 
Ficha Técnica
Motor:
1 x BMW-Bramo Sh 14A radial de 7 cilindros
Potência:
160 hp
Dimensões:
Diâmetro rotor:................................... 12,00 m
Comprimento:.....................................  
Altura:.................................................  
Pesos:
Vazio:.................................................. 770kg
Máximo:.............................................. 900 kg
Desempenho:
Vel. cruzeiro:......................................  
Vel. máxima:......................................  
Vel. ascensão:....................................  
Autonomia:.........................................  
Teto serviço:......................................  


Principais Aviões
Condecorações